Alerta da Fiocruz para segunda onda da Covid-19.

Alerta da Fiocruz para segunda onda da Covid-19.

A Fiocruz divulgou no dia 31/07 o  boletim InfoGripe, produzido por ela. Em que advertiu a respeito dos riscos de uma segunda onde de infecção pelo novo coronavírus, nos estados de Rio de Janeiro, Ceará e Maranhão. A pesquisa se baseia em informações coletadas até 28 de julho, referentes à semana epidemiológica.

No caso de Maranhão e Rio de Janeiro, a avaliação é a seguinte: “Manutenção do sinal de retomada de crescimento, após período de queda (possível ‘segunda onda’). Ocorrência de casos muito alta. Capital vive sinal de possível retomada do crescimento”. Vale ressaltar que o “crescimento” citado é do número de novos casos, ou seja, uma piora no controle do vírus.

No Ceará a situação é melhor, embora a Fiocruz também alegue a possibilidade de uma segunda onda de contaminação.

Há ocorrência de casos “muito alta” e “possível segunda onda”, mas a capital Fortaleza tem “sinal de estabilização com possível retomada de crescimento lento”.

“Fortaleza apresenta sinal de estabilização, com sinal fraco de possível retomada do crescimento. Como sinalizado nos boletins anteriores, a situação nas regiões e estados do país é bastante heterogênea. Portanto, o dado nacional não é um bom indicador para definição de ações locais”, esclareceu Marcelo Gomes, pesquisador e coordenador do InfoGripe.

Alerta da Fiocruz para segunda onda da Covid-19.

Alguns estados estão com disposição de queda, por exemplo: Paraíba, Minas Gerais e Distrito Federal, porém o especialista ressalta que esta análise necessitará ser confirmada pelos próximos boletins.

“Em Minas Gerais e Distrito Federal, o sinal [de queda do vírus] ainda é fraco”, disse ele

Marcelo Gomes deixa claro que estes dados devem ser ponderados em conjunto com outros indicadores de saúde relevantes, como a taxa de leitos ocupados e nos estados e cidades com maior número de contaminados, já que as regiões possuem estruturas diferentes.

saiba mais: Estudo revela que 40% dos infectados por Covid-19 em SP são assintomáticos.

Michelle Bolsonaro tem teste positivo para covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *