Aliada da família política Cozzolino é morta menos de 12 horas após acusar vereador de ameaça

Aliada da família política Cozzolino é morta menos de 12 horas após acusar vereador de ameaça
Renata Castro gravou um vídeo em que afirma que estava sendo ameaçada

 

Pois é, Renata Castro era uma aliada do clã Cozzolino, família que ficou por quase 20 anos à frente da Prefeitura de Magé, no Rio de Janeiro morreu a tiros hoje pela manhã.

Ela foi na delegacia e prestou queixa informando que estava recebendo ameaças do vereador Clevinho Vidal.

O crime aconteceu quando ela estava em casa, no bairro Fragoso e foi alvejada com, pelo menos, 15 tiros.

Segundo a Delegacia de Homicídos da Baixada Fluminense “todos os procedimentos para a elucidação da autoria estão sendo adotados” e a investigação está sendo realizada junto com a 65ª DP que a delegacia responsável pelo local onde ocorreu o crime.

De todo modo, inicialmente, o caso ficará com a DH Baixada, já que o homicídio é um crime federal, contudo, a Polícia Federal está enviando uma equipe para Magé e analisará para ver se houve conotação política.

Por meio de um vídeo publicado ontem de tarde, a vítima aparece em frente a Polícia Federal e acusa o vereador Clevinho de coação e ameaça.

Dessa forma, no vídeo ela diz o seguinte:  “Não adianta me ameaçarem de morte. Hoje teve dois cidadãos que foram, né Clevinho, você foi hoje ao prédio me ameaçar, me coagir. Estou esperando. Não tenho medo de você”.

 

Aliada da família política Cozzolino é morta menos de 12 horas após acusar vereador de ameaça

A família Cozzolino estão tentando recuperar a prefeitura por meio do candidato Renato Cozzolino.

Ele é sobrinho da ex-prefeita e ex-deputada estadual Núbia que foi afastada no segundo mandato por causa de improbidade administrativa.

A vítima ficou muito conhecida depois de ter feito várias críticas contra a administração atual do prefeito Rafael Tubarão.

https://www.facebook.com/100003661159928/videos/2121990091266342/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *