Assista Marcão do Povo choca ao pedir a Bolsonaro

Assista Marcão do Povo choca ao pedir a Bolsonaro
Publicidade :)

Assista Marcão do Povo choca ao pedir a Bolsonaro “Campo de concentração” para os infectados

O apresentador do canal de Sílvio Santos causou uma grande revolta na internet.
Mas, qual o motivo? Ele pediu que Bolsonaro colocasse todos os infectados em um campo de concentração.
Além disso, este pedido foi realizado durante o programa “Primeiro Impacto” que foi transmitido na manhã de hoje.
Ademais, ele disse que a China encaminhou todos os pacientes para a cidade de Wuhan que foi considerado o epicentro inicial da doença e que lá foram construídos hospitais também.
Com isso, o apresentador sugeriu que fosse criado campos de concentração justamente para poder tratar todos que estão infectados pelo coronavírus no Brasil.
Além disso, ele pediu que o presidente desse atenção a ideia dele.

Dessa forma, ele disse:

Publicidade :)

“Na China, na cidade de Wuhan, pessoas que estavam com sintomas, que estavam com o coronavírus foram levadas e colocadas nessa cidade.
Montaram vários e vários hospitais e as pessoas foram tratadas naquele local.
Não seria interessante também presidente, atenção presidente, montar um local, o Exército, Marinha, Aeronáutica…”.

Assista Marcão do Povo choca ao pedir a Bolsonaro “Campo de concentração” para os infectados

“Montar um local aonde todas as pessoas que tivessem os sintomas, que tivessem o coronavírus, fossem levadas para esse local e bem cuidadas, bem tratadas ao invés de espalhar da maneira que está sendo aí? Todos os lugares montando, um gasto excessivo, as cidades paradas.
Não seria interessante um local só para cuidar dessas pessoas?”

Porém, você acha que ele falou somente isso… não… olha só:

“Não seria interessante pegar, por exemplo, o Exército, Marinha e Aeronáutica e montar um campo de concentração, de cuidado, com equipamentos mais sofisticados, com os melhores profissionais e colocar essas pessoas com problemas, sintomas?”
Mas, o discurso dele ainda não acabou.. ele disse: “Aí presidente acaba esse negócio de espalhar dinheiro para os estados.
Vários governadores, tem estado que não teve nada, um caso que nem sequer foi comprovado, a pessoa não está nem internada e o estado decretou calamidade.

 

O discurso do apresentador

Tocantins é um caso. Um caso no Tocantins, não teve uma morte. O estado tem necessidade de decretar calamidade?
Não tem necessidade disso. É despesa para o bolso do cidadão, do trabalhador que já está ferrado.
Então, presidente é uma dica. O senhor é presidente da República. Dá um decreto, põe o Exército nas ruas, Marinha e Aeronáutica…”

“E aí, o governador que descumprir, faz igual está fazendo com o povo: cana.
Monta um campo, um local adequado e trata essas pessoas lá e o comércio abre normalmente. Quem apresentou o sintoma, leva para lá.
Mantém a pessoa em isolamento, bem cuidada, bem tratada. É uma ideia que eu estou dando”.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *