Bolsonaro critica isolamento e diz, “Devemos, sim, voltar à normalidade”

Bolsonaro critica isolamento e diz, “Devemos, sim, voltar à normalidade”
Publicidade :)

Bolsonaro critica isolamento e diz, “Devemos, sim, voltar à normalidade”

Como todos nos sabemos o presidente Jair Bolsonaro, vem se demostrando contra as medidas tomadas pelos governadores e prefeitos de algumas cidades Brasileiras.

Hoje dia 11 de abril durante a parte da manhã, Bolsonaro, publicou um video em seu perfil do Twitter, criticas contra as decisões tomadas drasticamente pelos Estados e municípios para conter o avanço do vírus do novo coronavírus.

Publicidade :)

Atitudes até então ditas pelo presidente como pesadas que atrapalharia a economia de todo o Brasil. O presidente ainda contou que, todas essas medidas são fora do comum, como proibir o direito de ir e vir das pessoas, fechar rodovias, fechamento de lojas e empresas”, diz ele no video.

O presidente brasileiro estar apreensivo com os danos na economia por causa da pandemia do covid-19 no país.

Bolsonaro critica isolamento e diz, “Devemos, sim, voltar à normalidade”

Em um dos primeiros prenunciamento ao vivo pela TV no último dia 24 de março, Jair Bolsonaro, já aparentava ser totalmente contra a quarentena. Ele ainda disse que: ” Precisamos sim voltar como era antes.”

Assim infelizmente a atitude de Bolsonaro gerou um enorme desconforto entre os políticos e apoiadores , e inclusive a população brasileira. Alguns governadores como o de Goiais Ronaldo Caiado, que rompeu politicamente com ele.

Mas até então Bolsonaro tenta um novo acordo com o governador. Então em seu último anuncio ao vivo no dia 8 de abril, Jair Bolsonaro, deixou nas mãos todas as responsabilidades e riscos nas mãos de prefeitos e governadores de cada Estado.

Pois na publicação do video na rede social, o presidente relata também um possível”colapso econômico”por causa dessas medidas de fechar empresas e lojas, ocasionará diversos desempregos e falta de pagamentos para os servidores públicos.

Mas segundo ele, caso não houver a volta à normalidade,”em alguns dias” vai ser tarde” para arrumar todo o estrago.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *