Cantor é acusado de dar calote de R$ 500 mil e arruinar empresa

Cantor é acusado de dar calote de R$ 500 mil e arruinar empresa
Publicidade :)

Cantor é acusado de dar calote de R$ 500 mil e arruinar empresa

Estorou na internet a noticia que o sambista jorge aragão, teria dado calote no valor de 500 mil reais em uma empresa no ramo musical.

A ação é movida pela empresa Sonata Copyrights, contra o músico, um diretor e um produtor de Jorge.

Publicidade :)

O processo traz a informação no ano de 2018, o músico teria recebido o valor de 300 mil reais para uma produção, e 150 mil para compra de uma van, para ele e equipe.

Em troca Jorge então passaria uma porcentagem so seus shows a empresa por um tempo estabelecido em contrato,
Mas isso nunca aconteceu.

Os socios da empresa alegaram que contraíram um emprestimo para poder arcar com as despesas necessárias do astro.

Cantor é acusado de dar calote de R$ 500 mil e arruinar empresa

Após não receberem o valor combinado de volta, precisaram abrir falência da empresa, por não terem meioz de manter a mesma. Além dos 500 mil reais, os sócios da empresa também. Alegam danos morais, e pedem 150 mil a mais por isso.

Os adivogados do cantor alegam que nunca assinaram com a Sonata para compra de equipamentos, roupas ou uma van e dizem também que a empresa colocou como “provas” apenas mensagens, e-mails unilaterais.

A primeira audiência do caso foi marcada para o inicio do mês De Março porém com a pamdemia do coronavírus, foi cancelada, e a nova data ainda não foi marcada.

Veja mais: Aos 8 anos, Davi Lucca, filho de Neymar tem doença séria revelada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *