COVID-19: APÓS MORTES BATEREM RECORDE NO BRASIL, BOLSONARO DEFENDE VOLTA À “NORMALIDADE”

COVID-19: APÓS MORTES BATEREM RECORDE NO BRASIL, BOLSONARO DEFENDE VOLTA À “NORMALIDADE”
Publicidade :)

COVID-19: APÓS MORTES BATEREM RECORDE NO BRASIL, BOLSONARO DEFENDE VOLTA À “NORMALIDADE”

Neste sábado (11) o presidente Jair Messias Bolsonaro voltou a defender “a volta à normalidade” das atividades ao redor do país.

Entretanto, ele publicou um vídeo em que dava uma entrevista no último dia 25 de março onde falava sobre o dever do povo de acordar para a realidade antes de um suposto caos se instalar no Brasil.

Publicidade :)

Todavia, o vídeo foi editado do original. A entrevista aconteceu na porta do Palácio da Alvorada.

“Há 2 semanas falei sobre o que poderia acontecer no Brasil, caso se preocupassem apenas com um problema”, escreveu Bolsonaro na legenda.

COVID-19: APÓS MORTES BATEREM RECORDE NO BRASIL, BOLSONARO DEFENDE VOLTA À “NORMALIDADE”

Entretanto, mesmo com a fala do presidente, ontem o Brasil bateu o recorde de mortes devido ao covid-19. Já são quase 20 mil pessoas infectadas no país.

“Certas autoridades municipais e estaduais estão tomando medidas, no meu entender, além da normalidade, proibindo tráfego de pessoas, tráfego de rodovias, fechando empresas, fechando comércios”, diz o presidente em um dos trechos do vídeo.

Em conclusão, Bolsonaro alega que suas afirmações são a favor do trabalhador autônomo e que as pessoas mais pobres serão as mais afetadas com o isolamento.

Veja também:

Nova decisão! Bolsonaro pede a volta ao trabalho em meio a covid-19 e causa revolta em brasileiros; vídeo

Manoel Gomes, “Caneta azul” distribui cestas básicas em meio a pandemia para ajudar músicos que estão sem trabalhar: “Para quem não tem nada, o pouco é muito”!!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *