Criança morre após ser obrigada a pular de trampolim

Criança morre após ser obrigada a pular de trampolim

Uma criança de apenas oito anos morreu após ser obrigada saltar de um trampolim em um dia extremamente quente. O caso ocorreu na cidade de Odessa nos EUA em Agosto deste ano. Mas agora a polícia  revelou os resultados da investigação que concluíram os detalhes macabros sobre a morte de uma menina.

A criança vivia com seus tutores, Daniel Schwarz, de 44 anos, e Ashley Schwarz, de 34, que alegavam que a morete da criança ocorreu por causa de um acidente. Mas no entanto não foi isso que a polícia descobriu no decorrer das investigações.

Video: Após separação Gustavo Lima dispara Andressa é a mulher da minha vida

Nota de R$ 200: Defensoria Pública recorre à Justiça para que Banco Central retire cédulas de circulação

Muitos questionam se a atitude de Gusttavo Lima será julgada como foi a de Luísa Sonza

Criança morre após ser obrigada a pular de trampolim

De acordo com a polícia de Odessa, a criança morreu vítima de maus tratos após a aplicação de um castigo desumano. Segundo apurado pelos investigadores, os tutores castigaram a menina a proibindo de se alimentar naquele dia.

Os castigo foi aplicado em um dia de calor intenso , segundo o apurado no dia fazia mais de 36ºC. A menina estaria proibida de se alimentar e até mesmo tomar água até que seus exercícios no trampolim terminassem. A criança chegou desidratada no hospital e com queimaduras em decorrência da alta temperatura.

A autópsia da menina concluiu que ela morreu vítima de homicídio e que desidratação foi a causa do óbito. Os tutores da criança vão responder na justiça pelo crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *