Depois de clamar a Deus, bebê ressuscita

Depois de clamar a Deus, bebê ressuscita
Publicidade :)

Depois de clamar a Deus, bebê ressuscita nos braços da mãe

Conforme pode ser visto no vídeo abaixo, um jornalista divulgou a notícia que deixou milhares de pessoas encantadas.
Com isso, ele disse que a história pode ser caracterizada como um milagre.
Dessa forma, ele disse que o bebê foi dado como morto duas vezes pelos médicos e com isso, parentes e amigos ficaram muitos tristes com a notícia.
Porém, o inacreditável aconteceu!
Mas, como assim?
Então, o bebê é levado para o colo da mãe para realizar a última despedida e foi nesta hora que aconteceu o grande milagre!
O caso aconteceu no Colorado.
De acordo com informações do jornalista, o bebê continua internado recebendo todos os cuidados necessários.

Depois de clamar a Deus, bebê ressuscita nos braços da mãe

Na reportagem, a mãe do bebê diz que quando levaram a criança até o colo dela, o bebê estava todo roxinho. Inclusive, a própria mãe diz que foi um milagre.
O bebê nasceu prematuro de 28 semanas e o parto foi no hospital de Colorado.
Porém, como o bebê corria risco de vida, foi levado para uma UTI neo-natal, porém durante o transporte, a criança foi perdendo os sinais vitais.
Além disso, a médica disse que houve a parada cardio-respiratória do bebê e depois de uma hora de ter sido atestada a morte do bebê, quis ver a criança.
Ademais, a mãe disse que todos começaram a clamar a Deus pela vida do bebê e com isso, ela disse, que Deus a ouviu e e a criança ressuscitou.

Publicidade :)

 

A alegria da sobrevivência

Com isso, os médicos ao constatarem que a criança estava viva foi levada para a Santa Casa de Maringá e a criança está com o estado de saúde grave.
A mãe disse que todos estão impressionados com a situação e esperam que a criança consiga se recuperar o mais breve possível.

 

Veja a reportagem:

 

Saiba Mais:

Veja como está o ex-bispo depois de 25 anos

Bruno Gagliasso conta sobre o “surubão”

A morte de jornalista vítima do coronavírus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *