Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Desaparecimento Misterioso: Menina de 4 Anos Some Durante a Noite em Nova Iguaçu enquanto a mãe estava na ba… Ver mais…

Kemilly Hadassa Silva dormia no quarto com os irmãos pela última vez, na casa de uma tia.

Na transição da noite para a madrugada de sábado, dia 9, a cidade de Nova Iguaçu, situada na Baixada Fluminense, foi palco de um acontecimento alarmante. Uma menina chamada, Kemilly Hadassa Silva, de apenas quatro anos, desapareceu misteriosamente.

Portanto, Antes do seu desaparecimento, ela foi observada pela última vez em um sono tranquilo, acompanhada de seus irmãos, no aconchego do lar de sua tia, localizado no bairro Cabuçu.

Com a chegada da manhã e a constatação do desaparecimento da criança, a família e os amigos se mobilizaram rapidamente, organizando-se para iniciar as buscas.

Diante da ausência de Kemilly, uma menina de 4 anos, os familiares dirigiram-se à delegacia para registrar o boletim de ocorrência.

Orientaram-nos a verificar hospitais e necrotérios posteriormente e, na segunda-feira, a comparecer à delegacia de Belford Roxo com o documento para a tomada das devidas providências.

Monique Silva, tia de Kemilly, compartilhou essas informações, evidenciando a angústia e a esperança que permeiam o coração dos que buscam pela menina.

Em um contexto onde as residências estão dispostas em proximidade, a família de Hadassa reside. A menina foi avistada pela derradeira vez no aposento, entregue ao sono, ladeada por dois de seus irmãos.

Consequentemente, a mãe relatou que, durante a madrugada, ausentou-se do lar, e a tia, que habita o espaço contíguo, assumiu a tutela dos pequenos.

Ela assumiu a responsabilidade naquele momento crítico, o que marcou a última vez que viram Hadassa antes de seu misterioso desaparecimento.

“Após oferecer o jantar para eles, assegurei-me de que fossem para a cama. Logo depois, adormeceram. Por volta de meia-noite e meia, precisei sair, já que minha irmã, que costuma cuidar deles para mim, estava de olho neles.

Vivemos praticamente na mesma residência, então ela pode supervisioná-los. Entretanto, quando retornei, ela já havia saído. Encontrei apenas os dois irmãos”, relatou Suelen Silva.

A Polícia Civil informou que as diligências para encontrar a menina já estão em andamento. Além disso, a Polícia Civil ressaltou que o Conselho Tutelar acompanhará as investigações e encaminhará o caso ao setor de descoberta de paradeiros da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, que é responsável pela localização de pessoas desaparecidas.

Em resposta à situação, a família organizou um protesto, solicitando apoio na busca por Hadassa.

Leia mais: URGENTE: MC Daniel Enfrenta Hostilidade e Deixa Palco Sob Escolta em Show Conturbado…. Ver mais…

Comentários estão fechados.