Epidemia da fome: falta de dinheiro para comida em meio ao isolamento social do RJ

Epidemia da fome: falta de dinheiro para comida em meio ao isolamento social do RJ
Publicidade :)

Pois Mônica Reis, que faz parte do projeto Panela do Bem, que há seis anos busca distribuir comida para os moradores de rua no centro da cidade do Rio de Janeiro.

que atualmente atende 300 pessoas, falou a respeito da situação em meio a crise do novo coronavírus, e declarou que não sabe a respeito do vírus, mas que o mais que está doendo para ela agora é a fome das pessoas.

Assim com a situação devido a crise, os moradores de rua falaram que não estava indo ninguém ao local para doar comida para eles.

Publicidade :)

Alias ela ainda cita que semanas atrás chegaram a ficar até mesmo três dias sem comer.

porque além de não ir ninguém doar comida para eles, não tem restaurante para que eles possam pedir comida e nem ninguém nas ruas

Porem após as recomendações para evitar aglomerações em meio a pandemia de coronavírus.

 

a Panela do Bem agora substitui a tradicional sopa servida aos moradores de rua por lanches, na tentativa de tornar mais fácil a distribuição.

E garantir que todos estejam seguros. No entanto isso não tem sido suficiente para saciar a fome dos atendidos.

Pois a Mônica e os demais integrantes então decidiram voltar a servir a sopa, mas mantendo o distanciamento social das pessoas atendidas.

Afinal ela ainda declara que eles criaram uma relação com as pessoas que são atendidas, e que se preocupam em levar.

 

mais do que só comida para eles, mas que agora estão indo somente para levar o alimento devido as medidas.

Pois as medias atuais que foram propostas pelas autoridades são de que as pessoas se mantenham afastadas socialmente para evitar o contágio da doença, quem tem tomado conta do pais e já matou mais de mil pessoas no Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *