Estudo acha células de defesa ao coronavírus em pessoas

Estudo acha células de defesa ao coronavírus em pessoas não infectadas.

Ao estudar amostras de sangue de indivíduos saudáveis, estudiosos da Universidade de Berlim, na Alemanha, analisaram que algumas delas supostamente ter tipo uma ‘imunidade cruzada’ a Covid-19, mesmo sem ter contraído a doença antes. Segundo com o estudo que foi publicado on-line realizado pela revista Nature, na quarta-feira, boa parte das pessoas podem estar protegidas graças as células T, que é um tipo de linfócito,célula de defesa do organismo.

Dessa maneira entre os 68 voluntários do estudo, 35% apresentaram linfócitos reativos ao coronavírus mesmo não tendo sido contagiadas pelo Sars-CoV-2. O que indica que o sistema de defesa das pessoas estudadas já estariam mais ‘fortes’ para combater a infecção. De acordo com os cientistas, ter a células T reativas pode ter sido produzida,provavelmente,‘por um contato anterior com o coronavírus endêmicos’.

Filho mostra como está a mansão luxuosa de Hebe Camargo sete anos após a sua morte

Estudo acha células de defesa ao coronavírus em pessoas não infectadas.

‘A existência de células T reativas combinadas com S (glicose) em boa parte das pessoas normalmente pode atingir a dinâmica da pandemia que estamos enfrentando e tem impactos consideráveis para a pesquisa e a análise dos testes de vacinas que poderão acontecer’, destacou o estudo.

Então indo em divergência dos anticorpos, que se conectam ao vírus para neutralizar o mesmo antes que ele consiga alcançar às células saudáveis.

Os linfócitos T atuam de forma direta em células ‘doentes’ impedindo que o agente invasor consiga se espalhar para as células que estão bem.

Por fim a células T age combatendo à Covid-19, mas essa função ainda continua sendo estudada pela ciência.

Mas uma suposição que vem se tornando mais forte é a de que sejam um dos fatores associado às diferenças de níveis da doença nas pessoas.

 

Fonte: Portal G1

 

Abalado, Felipe Neto aparece no Jornal Nacional e desabafa: “Eu nunca imaginei que fosse passar por isso”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *