EX-ATRIZ DA GLOBO PEDE AUXÍLIO EMERGENCIAL PARA PAGAR CONTAS, VEJA QUEM É

EX-ATRIZ DA GLOBO PEDE AUXÍLIO EMERGENCIAL PARA PAGAR CONTAS, VEJA QUEM É

EX-ATRIZ DA GLOBO PEDE AUXÍLIO EMERGENCIAL PARA PAGAR CONTAS, VEJA QUEM É

A pandemia do novo coronavírus teve um dimensão mundo afora gigantesca, interferindo não só na nossa saúde, mas no nosso estilo de vida.

Calendário da segunda parcela do auxílio emergencial

Todavia, no Brasil não foi diferente e os impactos foram logo perceptíveis. Com o aumento do número de casos, foi necessário o distanciamento social.

Com o distanciamento social, muitas empresas e pequenos negócios foram afetados devido ao fechamento dos estabelecimentos para quarentena.

Entretanto, as pessoas mais vulneráveis foram as mais afetadas, principalmente quem não tinha um emprego e agora nem mesmo teria a chance de procurar um.

Pensando nisso, o governo federal disponibilizou um auxílio emergencial para ajudar essas pessoas. Serão três parcelas de R$ 600,00.

Todavia essa situação de pandemia pegou muitas pessoas de surpresa, inclusive, quem já teve uma vida bem sucedida.

Foi o caso da ex-atriz global Raquel de Queiroz que há muito tempo interpretou a “Narizinho” do Sítio do Pica Pau Amarelo.

EX-ATRIZ DA GLOBO PEDE AUXÍLIO EMERGENCIAL PARA PAGAR CONTAS, VEJA QUEM É

A última versão do programa infantil foi exibido em 2007 e foi justamente nesse período que Raquel participou.

No entanto, após o fim da programa, ela sumiu da TV. Alguns dizem que ela deu algumas aulas de Balé, porém, ainda segundo fontes, hoje ela é uma das que conta com o auxílio emergencial para pagar contas.

Raquel sempre teve envolvimento com Balé e foi assim que um produtor da Globo descobriu a atriz e dançarina. Ea chegou a fazer pequenas participações em novelas e até num DVD de Xuxa Meneghel.

Quantas parcelas terá o auxílio emergencial?

Logo após não conseguir mais oportunidades no mundo da TV, ela passou a dar aulas particulares de Balé para suprir suas necessidades.

Porém, devido a pandemia o local está fechado e ela se viu obrigada a recorrer ao auxílio emergencial. Ela é uma dos milhões de brasileiros que estão no aguardo do recebimento das parcelas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy