Falha do aplicativo Zoom expõe vídeos

Falha do aplicativo Zoom expõe vídeos
Publicidade :)

Falha do aplicativo Zoom expõe vídeos privados de usuários

Em tempos de Coronavírus, um aplicativo que está sendo muito utilizado para fazer chamadas de vídeo é o Zoom.
Com isso, a empresa divulgou que no mundo, mais de 200 milhões de pessoas estão utilizando o aplicativo.

Porém, antes da pandemia eram apenas 10 milhões.
Mas, o problema é que tem apresentado vulnerabilidades.

Publicidade :)

Dessa forma, expondo milhares de vídeos de usuários, conforme divulgado pelo Washington Post.
Ademais, o jornal disse que teve acesso a vários vídeos privados da plataforma, dentre eles, uma videoaula de depilação genital em que uma modelo estava nua, assim como também reuniões de trabalho e sessões de psicoterapia.
Conforme divulgado pelo jornal, vários vídeos foram gravados e salvos em nuvens sem a necessidade de qualquer senha para acesso.

Falha do aplicativo Zoom expõe vídeos privados de usuários

O fundador do Zoom, Eric Yuan, no dia 1º de abril, reconheceu “que não atingimos as expectativas de privacidade e segurança da comunidade —e a nossa”.
Além disso, disse ainda para a agência de notícias AFP que tem como princípio “levar muito a sério a vida privada, a segurança e a confiança dos seus usuários”.

Por fim, disse também que “Trabalhamos 24 horas por dia para garantir que os hospitais, universidades, escolas e outras empresas possam estar conectadas e funcionando. Apreciamos o interesse da procuradora-geral de Nova York por essas questões e estamos felizes de lhe entregar as informações requeridas”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *