Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Homem ‘abusa sexualmente’ da própria filha e de 2 enteados. A mãe sabia do caso mas não denunciou pois estava ‘possuída por espíritos’… Ver mais…’

A polícia prendeu em flagrante um homem de 22 anos sob suspeita de abusar sexualmente da própria filha e de dois enteados em Arniqueiras.

Na quinta-feira (7/12), a Polícia Militar do Distrito Federal resgatou três crianças em Arniqueiras. Agora, investigadores da 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) estão apurando se outros membros da família também estupraram as vítimas.

A polícia não divulgou o nome do homem para preservar as vítimas.

Todavia, Os relatos das testemunhas e da mãe das crianças são extremamente chocantes, devido à crueldade e lascívia envolvidas. A mulher afirmou que mantém um relacionamento com o criminoso há cinco anos. A polícia não divulgou o nome do suspeito para preservar as vítimas.

Segundo a companheira, o suspeito confessou ter violentado as crianças e que outro homem, amigo da família, havia feito o mesmo.

Contudo, A mãe das crianças relatou ter examinado a parte íntima de cada uma e notado ‘vermelhidão, cortes e até defloramento’. Quando questionada na delegacia sobre o motivo de não ter denunciado o estuprador, a mulher afirmou que o companheiro havia “invocado espíritos que a controlavam” e que, por isso, estava possuída.

Portanto, A polícia autuou o suspeito em flagrante por estupro de vulnerável. O acusado cometeu o crime contra a filha de 2 anos e os dois filhos da esposa, uma menina de 7 anos e um menino de 9.

Após receber denúncias, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi ao local informado para averiguar o caso. Na casa das vítimas, os militares descobriram que o suspeito era casado com a mãe biológica das crianças há cinco anos.

Após os policiais militares confrontarem o suspeito com base nos relatos obtidos, o homem não admitiu os supostos crimes e fugiu para uma mata. No entanto, ele acabou sendo detido pouco depois.

De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) entrevistaram as crianças e as vítimas teriam confirmado os abusos durante a conversa.

O abuso sexual infantil é um crime.

O abuso sexual infantil é um crime hediondo que causa danos físicos e psicológicos irreparáveis às vítimas. A Agência Brasil define o abuso sexual infantil como “a utilização de uma criança ou adolescente para a prática de qualquer atividade sexual com o objetivo de satisfazer o desejo de outra pessoa, seja ela adulta ou não” .

Portanto, O abuso pode ocorrer em diferentes formas, como toques, carícias, beijos, penetração, exposição a conteúdo sexual, entre outras.

O abuso sexual infantil é um problema grave e recorrente em todo o mundo. No Brasil, segundo o G1, foram registrados 202,9 mil casos de violência sexual contra crianças e adolescentes entre 2015 e 2021.

É importante que a sociedade esteja atenta e denuncie qualquer suspeita de abuso sexual infantil.

Para identificar, prevenir e combater o abuso sexual infantil, é fundamental que as pessoas estejam informadas sobre o assunto.

Todavia, A Agência Brasil oferece informações sobre os conceitos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, mitos e verdades sobre esses crimes, métodos do agressor e perfil das vítimas.

Em suma, Lembre-se: a proteção das crianças e adolescentes é responsabilidade de todos nós. Se você suspeita que uma criança está sendo vítima de abuso sexual, denuncie imediatamente às autoridades competentes.

O Disque 100 é um canal de denúncias anônimas e gratuito que pode ser utilizado em todo o território nacional.

Leia mais: TRAGÉDIA: Adolescente de 15 anos fui ‘brutalmente’ agredida e lançada de prédio. Tudo isso, por quem ela menos esperava… Ver mais…

Comentários estão fechados.