Homem esfaqueia o pai até a morte durante reunião por videoconferência

Homem esfaqueia o pai até a morte durante reunião por videoconferência

Pois é, um homem de 32 anos cometeu um crime contra o próprio pai que estava participando de uma reunião virtual por meio do aplicativo zoom.

Com isso, o caso está sendo investigado pela policia do condado de Suffolk, localizado na periferia de Nova York.

Além disso, este pode ser o primeiro assassinato transmitido por meio desta plataforma.

Mas, como aconteceu a situação?

Então, o crime aconteceu na quinta-feira, depois do meio-dia,.

Dessa forma, o agressor foi identificado como Thomas Scully-Powers que apunhalou o pai identificado como Dwight Powers, de 72 anos.

Com isso, ele apunhalou o pai até a morte na cidade de Amityville, localizada em Long Island.

Ademais, a cidade é bastante conhecia pelo filme de terror que estreou em 1979 e que tinha o nome da cidade.

 

Em meio a polêmicas, Bolsonaro manda recado para Bonner: “sentindo na pele o que é ter um filho caluniado”
Naufrágio deixa três mortos e um único sobrevivente
Vídeo Comerciante e a mãe são agredidos por PMs com socos na cabeça
Grazi Massafera e Cauã Reymond comemoram aniversário da filha nas redes sociais

Homem esfaqueia o pai até a morte durante reunião por videoconferência

Mas, como aconteceu o crime?

Então, primeiramente, o agressor agrediu o pai e depois foi procurar as facas.

Com isso, ao retornar atingiu o pai com as facas no pescoço, nas costas e no peito “quase decapitando-o”, conforme o relatório do promotor.

Além disso, os participantes da reunião assim que viram a agressão ligaram para a emergência, antes mesmo dele voltar com as facas.

Porém, os militares não chegaram a tempo para impedir a morte da vítima.

Com isso, o promotor Timothy Sini disse:  “Este é um caso chocante e perturbador”.

Além disso, quando os policiais chegaram ao local, o agressor fugiu pela janela pelo primeiro andar.

Porém, ele parou em uma loja para tentar limpar o sangue que tinha no corpo e também para beber um refrigerante.

Mas, a polícia acabou capturando o agressor logo depois.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *