Ifood e Rappi serão obrigados a pagar

Ifood e Rappi serão obrigados a pagar
Publicidade :)

Ifood e Rappi serão obrigados a pagar os entregadores com coronavírus ou em grupo de risco

Os aplicativos Rappi e iFood agora são obrigados a garantir assistência financeira aos trabalhadores infectados pelo coronavírus ou que fazem parte do grupo de risco.
Mas, por que isso? Para que tenham recursos necessários a sobrevivência, assim como também façam o distanciamento social.
Porém, este é uma obrigação determinada por decisão judicial e que tem abrangência nacional.
Além disso, é resultado de duas ações civis públicas manejadas pelo Ministério Público do Trabalho em São Paulo.
Dessa forma, as empresas deveram oferecer todos os materiais de higienização aos entregadores de refeições e mercadorias.
Porém, se houver o descumprimento haverá a aplicação de multa diária de R$ 50 mil.

Ifood e Rappi serão obrigados a pagar os entregadores com coronavírus ou em grupo de risco

Além disso, o juiz do Trabalho Elizio Luiz Perez determinou que o pagamento será equivalente à média dos valores valores pagos nos 15 dias anteriores à decisão.
Ademais, garante também aos trabalhadores destas empresas a remuneração mínima de um salário por mês.
Contudo, a medida também abrange aos trabalhadores que tenham mais de sessenta anos, que sejam gestantes, portadores de doenças crônicas, afastados por suspeita ou contaminação de fato pelo coronavírus e os imunocomprometidos.

Publicidade :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *