Luto no jornalismo esportivo, morre Luis Alberto Volpe

O jornalismo esportivo está de luto, morreu nesta terça-feira o repórter esportivo Luis Alberto Volpe. O jornalista trabalho por 20 anos na ESPN como editor, repórter, apresentador. A noticia da sua morte foi confirmada pela ESPN que em nota disse que está de luto por quem era uma referencia no jornalismo esportivo e um grande amigo de todos.

Mas o motivo de sua morte não foi comunicado, Volpe tinha um currículo de causar inveja para qualquer jornalista, trabalhou nas maiores emissoras do Brasil. Muitos de seu colegas se pronunciaram diante da morte deste ícone do jornalismo:

“Adeus a Luiz Alberto Volpe! O maior locutor de offs de matérias especiais e documentários de todos os tempos nos deixou esta noite, aos 67 anos. Grande amigo, grande companheiro, um doce de pessoa. Nós, da antiga ESPN e da TV Cultura estamos muito tristes. Valeu, Volpinho!”, disse José Trajano, seu colega por anos na ESPN e na TV Cultura.

“Um dos nossos maiores, dono de uma voz que comunicava de forma impecável, apresentador do histórico ’30 minutos’, do fundamental ‘Histórias do Esporte’, entre tantas coisas, nos deixou hoje. Luis Alberto Volpe, um ótimo sujeito, grande jornalista. Fará muita falta”, afirmou Thales Machado, editor adjunto de esportes do jornal O Globo.

“Luis Alberto Volpe foi a voz dos Grandes Momentos do Esporte. Também foi um dos rostos mais identificáveis dos primeiros anos de ESPN Brasil. Tive a felicidade de me tornar seu colega e dividir bons anos de redação. Sua voz se cala, fica o lindo legado. Que descanse em paz”, acrescentou Leonardo Bertozzi, jornalista da ESPN Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *