Mãe pendura filha de 3 anos na sacada de prédio porque ela tava chorando e a criança acaba despencando do 6⁰ andar acidentalmente

Mãe pendura filha de 3 anos na sacada de prédio porque ela tava chorando e a criança acaba despencando do 6⁰ andar acidentalmente

A mãe está presa sob acusação de homicídio culposo, quando há intenção de matar, por pendurar a criança de apenas três anos na sacada do prédio de sexto andar e a menina despencar acidentalmente. A motivação? a criança estava chorando demais. Um vídeo mostra o desespero da criança sendo sacudida pela mãe, durante a gravação pode-se ouvir ela dizer:  ‘Mamãe, estou com medo’, e depois ‘Estou com medo, com medo, com medo’.

Em seguida, poucos minutos depois, a criança despencou de uma altura de cerca de 18 metros. O vídeo mostra ainda o vulto e a velocidade que ela cai em direção ao chão. 

Mãe pendura filha de 3 anos na sacada de prédio porque ela tava chorando

Após a queda, a mãe desce, recolhe a criança e leva de volta ao apartamento. A mãe, Anna Ruzankina, tem 23 anos, e mora na Rússia. As câmeras de segurança do elevador mostram a menina já sem vida nos braços da mãe de volta para o apartamento. A mulher ainda sacode a filha com o intuito de reanimá-la, mas sem sucesso. 

Segundo o inquérito da polícia, a mulher pendurou a criança na varanda segurando sua camiseta e acabou deixando ela cair “acidentalmente”. A camisa teria rasgado e a menina despencou. As autoridades informaram que a mulher havia acabado de chegar em casa de uma boate e bêbada se irritou com o choro. 

Uma pessoa que passava pela rua, disse ter ouvido “gritos altos de uma criança vindo de um andar superior”. “E, de repente, um som surdo de queda. E os gritos pararam. Quando me virei, vi uma menina coberta de sangue deitada no asfalto. Corri para ligar para o serviço de emergência. Fiquei tão chocado. Os vizinhos disseram que a mãe alegou que a criança escalou a varanda sozinha. Eu disse a ela que ela iria cair, ela foi ouvida dizendo”, contou. 

LEIA MAIS:

+Thiaguinho lamenta morte de pessoa querida e causa comoção: ‘A bala na cabeça dela, dói na minha’

+Mãe deixa bebê de 2 meses como ‘garantia’ em boca de fumo e perde a guarda da criança

Copy