Marcão do Povo foi demitido por racismo da Record

Marcão do Povo foi demitido por racismo da Record
Publicidade :)

O apresentador Marcão do Povo foi demitido da TV Record após ser acusado de racismo. Após polêmica o SBT confirma que o apresentador Marcão do Povo foi afastado por comentários considerados relacionados com as vítimas do coronavírus. De acordo com as informações, o apresentador foi suspenso após ter defendido que campos de concentração fossem criados para infectados por coranavírus.

Mas no entanto não foi apenas isso que agravou a situação , o apresentador foi acusado de racismo. O Ministério Público (MP), denunciou o apresentador injúria racial contra a cantora Ludmilla em 2019.

Marcão do Povo fez referência à cantora como “pobre e macaca”. Em depoimento, ele confessou o uso das expressões, mas disse não ter a “intenção” de ofender. Na época o apresentador trabalhava na Record deque mitiu o apresentador por causa do comentário, mas o SBT de Sílvio Santos o contratou logo em seguida para encabeçar o telejornal Primeiro Impacto.

Publicidade :)

HOSPITAL DA UNIMED NEGA QUE TENHA TRATADO COM CLOROQUINA “PRIMO” DE ROBÔS BOLSONARISTAS

Vídeo Impressionante: Simulação demonstra como o coronavírus circula em supermercados durante alguns minutos!!

O apresentador já havia se envolvido em outras polêmicas durante apresentações do telejornal. Mas seu último comentário foi além do ridículo, ao comentar que o presidente deveria criar campos de concentração trouxe a revolta de muitos internautas e profissionais da saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *