Militares apoiam o isolamento e não a Mandetta

Militares apoiam o isolamento e não a Mandetta
Publicidade :)

Os militares apoiam sim o isolamento social durante a pandemia, e não a Mandetta. De acordo com fontes ligadas a cúpula militar, a intervenção na demissão do ministro só se deu por acreditarem que as medidas adotadas são eficazes.

Mourão discorda de Bolsonaro quanto da demissão de Mandetta

Os militares acreditam que as medidas adotadas pelo Ministério da Saúde em que seguem protocolos da OMS são fundamentais para o combate na pandemia. Embora a situação atual tenha feito com os militares se envolvessem mais que o normal no governo, esse não é o objetivo das forças armadas.

Publicidade :)

Anvisa orienta abrigos sem teto sobre prevenção a pandemia

Conforme tem se observado, recentemente o ministro Mandetta esteve no centro de uma disputa de poderes no Planalto. No entanto essa disputa tem sido vista como sendo importante para manter a pandemia controlada no país. De um lado grandes empresários pressionam o governo para o fim do isolamento, e por outro as autoridades da saúde são a favor do isolamento para o combate da pandemia.

MAIA DEFENDE MANDETTA E DIZ “A GENTE PRECISA DE UM CAMINHO ÚNICO”

Está semana o Procurador-Geral da República, Ares, afirmou que não tem como saber se a quarentena é eficaz contra a pandemia. Aras ainda solicitou que o STF que o fim do isolamento sobre o pretexto de que o isolamento social vai levar o país a falência.

Rio terá mais dois hospitais de campanha

Mas quanto o isolamento social a cúpula militar já se manifestou a favor de que os protocolos da OMS sejam seguidos a riscas e que as autoridades da área da saúde as cumpra. Os militares apoiam ao isolamento e não a Mandetta especificamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *