Ministro que chamou Covid-19 “castigo a homossexuais” pega a doença

Ministro que chamou Covid-19 “castigo a homossexuais” pega a doença
Publicidade :)

Ministro que chamou Covid-19 de “castigo a homossexuais” pega a doença

O ministro da Saúde de Israel, Yaakov Litzman, foi infectado pelo novo coronavírus. Após a notícia ser confirmada nesta terça-feira (07), dessa forma ele acabou virando piada na web.

Mas a imprensa internacional afirmou que o ministro estava indo a casas de outros membros de sua congregação. Mesmo com a recomendação de que era preciso manter o isolamento social.

Publicidade :)

A esposa de Yaakov Litzman também foi contaminada com o novo coronavírus. O casal chegou a ter contato com o ministro de Israel e outros membros do governo. Assim todos terão que fazer exame para ver se estão infectados.

Pois na internet muitos criticaram o ministro da Saúde, no início do mês passado ele fez um discurso polêmico que esse vírus: “É um castigo divino contra a homossexualidade”

Mas vale lembrar que Litzman votou em 2016 para proibir a união homoafetiva, assim como também se posicionou contra a adoção de crianças por casais do mesmo sexo.

Ele também se opôs à possibilidade de que parceiros de soldados israelenses tivessem direito a um benefício igual ao de casais heterossexuais.

Israel, assim como muitos outros países, está lutando contra o novo coronavírus e já são mais de 9 mil casos confirmados, além de quase 700 mortos e a Covid-19 continua fazendo vítimas.

Veja mais:Coronavirus: criança de 11 anos vende latinhas e doa R$ 21,45 para hospital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *