Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Novas Imagens mostram o menino Edson Davi de cabelo seco na barraca do pai. “A família acredita que… Ver mais

A família considera a possibilidade de sequestro. No entanto, a Polícia Civil descarta essa hipótese, pois Edson Davi não é visto saindo da praia em nenhuma das imagens analisadas.

Imagens recentemente divulgadas mostram o menino Edson Davi Silva de Almeida, de 6 anos, próximo à barraca do pai, com o cabelo seco, em um horário posterior aos registros anteriormente divulgados.

Segundo a família do menino, ele é visto em uma gravação feita por volta das 16h47 do dia 4 de janeiro. Um funcionário da barraca capturou este vídeo em um momento subsequente às imagens anteriores da criança.

No vídeo, Edson Davi é visto com os cabelos secos. Segundo a família, havia uma grande quantidade de pessoas na praia naquele instante, o que aumenta a possibilidade de alguém tê-lo observado entrando no mar. Além disso, eles não descartam a possibilidade de sequestro do menino.

Um novo vídeo mostra Edson Davi na barraca do pai com os cabelos e roupas secas

“Encontramos um vídeo que mostra Davi ao lado do pai, na barraca, enquanto o pai preparava um suco para um cliente. Alguém levou meu filho, é o que essa evidência ainda mais forte indica para mim, pois este vídeo é posterior aos outros que foram divulgados. Afinal, neste vídeo, ele aparece com a roupa e os cabelos secos, o que indica que ele não tinha entrado na água”, declarou Marize Araújo, mãe do menino.

Por outro lado, a Polícia Civil descarta a hipótese de sequestro. Em todas as imagens analisadas, não se vê Edson Davi deixando a praia.

O garoto sumiu perto do posto 4 da Praia da Barra da Tijuca, localizada na Zona Oeste do Rio, onde sua família costumava trabalhar. Atualmente, os pais de Edson Davi não conseguem mais trabalhar na barraca, devido ao seu estado emocional. No entanto, a mãe do menino continua a passar seus dias na praia, alimentando a esperança de reencontrar seu filho.

As novas imagens estão sendo analisadas pelos policiais da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA).

Os oficiais de polícia examinaram meticulosamente centenas de imagens de diversas câmeras fixas localizadas nas proximidades do local do desaparecimento.

A polícia localizou e interrogou uma família argentina que brincava com o menino na areia pouco antes de seu desaparecimento. Eles afirmaram que deixaram o garoto na praia e retornaram ao hotel por volta das 16h30. Após a inspeção das filmagens do hotel, os investigadores descartaram os indivíduos como suspeitos.

Além da Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros também está empenhado na busca pelo menino no mar, porém, de maneira autônoma.

Uma imagem distinta mostra Davi à beira-mar às 15h37, aproximadamente 1 hora e 30 minutos antes do registro oficial de seu desaparecimento.

Mantenha-se atualizado sobre os principais eventos no Brasil e no mundo, continuando a acompanhar nosso site.

Leia mais: ACABA DE SER CONFIRMADO: Avião do cantor Murilo Huff, Ex de Marília Mendonça cai em vala. “Ele está… Ver mais

Comentários estão fechados.