Notícias e Informações

[CRIME BRUTAL] – Feminicídio seguido de suicídio: Pai de influenciadores digitais mata a esposa enquanto dormia e em seguida tira a própria vi… Ler mais…

Crime ocorreu na manhã de quarta-feira (1º), em São José do Rio Preto (SP).

A influenciadora e mãe de gêmeos, influenciadores digitais, Luana Caroline Verdi Lima, 34, foi morta com um tiro na cabeça e no peito enquanto dormia. O crime ocorreu em um condomínio em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, na quarta-feira (1º).

A Polícia Civil de São Paulo investiga o caso como feminicídio. Contudo, o suspeito Victor dos Santos era marido de Luana e, segundo a investigação, se suicidou após matar a influenciadora. Porém, as equipes da delegacia seccional de São José do Rio Preto trabalham para apurar a motivação do crime.

Os influenciadores digitais mantinham uma página nas redes sociais que tem mais de 60 mil seguidores

Portanto, o casal tinha gêmeos, e a família mantinha uma página das redes sociais, que tem mais de 60 mil seguidores, com o cotidiano dos meninos.

Luana foi morta com um tiro na cabeça e um disparo no peito. Segundo o delegado que investiga o caso, Antônio Honório do Nascimento, o crime ocorreu por volta das 7h30 quando Victor levou os filhos do casal à escola.

Moradores do condomínio em que a família vivia relataram à polícia terem ouvido disparos no período da manhã. A Polícia Militar avisou as equipes da Polícia Civil por volta das 13h da quarta-feira.O pai de Victor dos Santos acionou a polícia ao ter entrado no imóvel e encontrado os corpos.

Crime premeditado

O marido teria planejado a morte de Luana, segundo o delegado. O casal passava por um processo de separação, mas, de acordo com o delegado, Victor, não teria aceitado o fim do relacionamento. “Eles tinham problema no relacionamento e ele não queria se separar”, disse Nascimento.

Victor levou os filhos à escola antes das 7h30 da manhã e combinou de o irmão dele buscar as crianças. O delegado considerou um indício de que o crime foi planejado. Entretanto, a polícia registrou um boletim de ocorrência e realizou a perícia.

O delegado vai ouvir nos próximos dias a família do casal e os vizinhos para apurar as motivações do caso. A polícia apreendeu dois celulares de Luana e um aparelho dele para as investigações.

Contudo, a polícia apreendeu a arma que Victor utilizou, um revólver calibre 38, e constatou que a numeração estava raspada, segundo o delegado.

Primeiro ele atirou nela enquanto estava dormindo. Depois, ele atirou contra si próprio, no queixo. No entanto, como o disparo saiu pela narina, ele atirou mais uma vez no peito.
Antônio Honório Nascimento, delegado.

Leia mais: ACABOU SUA JORNADA! Acaba de ser CONFIRMADO a notícia sobre marido de Sara Mariano na prisão, ele… Ver mais

Comentários estão fechados.