Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Pai e filho m0rrem após um atir4r contra o outro. “com uma espingard4… Ver mais

Segundo a polícia, os dois tiveram uma discussão pouco antes do ocorrido.

Reomar Pozena, de 47 anos, e seu filho Mateus Pozena, de 25 anos, foram identificados como as vítimas de um trágico incidente. Na noite de quarta-feira (7), em meio a uma discussão, um disparo fatal foi efetuado, resultando na morte de Pai e Filho. O incidente ocorreu na zona rural de Querência, uma localidade situada a 912 km de Cuiabá. Infelizmente, a discussão entre pai e filho culminou em uma tragédia irreparável.

Confronto Fatal Entre Pai e Filho Resulta em Duplo Homicídio

Segundo informações da Polícia Civil, após o desentendimento, Mateus deixou a residência e voltou portando uma espingarda. Contudo, foi recebido com um disparo surpresa de Reomar, que também estava armado com uma espingarda.

Logo após, Mateus reagiu e efetuou um disparo contra Reomar. Infelizmente, ambos não sobreviveram aos ferimentos e faleceram no local do incidente.

Conforme relatado pelo delegado Dionys Zanotelli, a equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) compareceu ao local do incidente, recolheu as provas necessárias e providenciou o encaminhamento dos corpos para a realização da necropsia.

Zanotelli informou que não havia testemunhas presentes no local do ocorrido. Atualmente, o caso está sob investigação, com o objetivo de esclarecer a motivação por trás do crime.

Pai e filho trocam tiros e morrem em Mato Grosso

Durante conflitos familiares a violência nunca é a solução

Conflitos familiares podem escalar para níveis extremos, mas é importante lembrar que a violência nunca é a solução. A motivação por trás de tais atos pode variar muito e geralmente é complexa, envolvendo uma mistura de fatores emocionais, psicológicos e sociais. No entanto, esses são casos raros e não representam a norma. É sempre recomendável buscar ajuda profissional quando os conflitos se tornam muito intensos ou violentos.

A comunicação aberta e honesta é a chave para resolver a maioria dos conflitos. É importante expressar sentimentos e preocupações de maneira respeitosa e ouvir atentamente o ponto de vista do outro. Tentar entender a perspectiva do outro pode ajudar a reduzir a tensão. A empatia permite que as pessoas se conectem em um nível mais profundo e pode levar a soluções mais eficazes para os conflitos.

Existem várias estratégias de resolução de conflitos que podem ser úteis, como a negociação, a mediação e a terapia familiar. Essas abordagens buscam encontrar uma solução mutuamente benéfica para o conflito. Em situações onde os conflitos se tornam muito intensos, violentos ou prejudiciais, é altamente recomendável buscar a ajuda de profissionais, como conselheiros, terapeutas ou serviços de apoio à família.

Em suma, cada família é única e pode exigir diferentes abordagens para a resolução de conflitos. O mais importante é garantir a segurança e o bem-estar de todos os envolvidos. A violência, seja física ou emocional, nunca é a resposta e existem sempre alternativas mais saudáveis e produtivas para lidar com os conflitos.

Mantenha-se atualizado sobre os principais eventos no Brasil e no mundo, continuando a acompanhar nosso site.

Leia mais: Ana Maria Braga se ausenta do Mais Você após mal-estar: Saiba motivo

Comentários estão fechados.