Pele ‘comida’ por infecções fúngicas e feridas: livro narra fatos chocantes

Pele ‘comida’ por infecções fúngicas e feridas: livro narra fatos chocantes sobre o corpo de Michael Jackson

Um dos nomes mais emblemático do gênero pop o Michael Jackson, faleceu no ano de 2009 depois de uma intoxicação por propofol e benzodiazepina, uma mistura assassina de dois fortes remédios, que o artista ingeria como tranquilizante, para o mesmo conseguir dormir. O artista de 50 anos, morreu nessa idade. O cantor ainda foi socorrido vivo, sendo levado para o hospital Ronald Reagan UCLA Medical Center, mas, acabou morrendo por consequência complicações.

O então médico do Michael, o Conrad Murray, controlava o uso dos remédios do cantor, e por causa disso foi condenado pela morte de Michael Jackson. O médico teve a sentença de 4 anos de reclusão, em regime fechado. A trajetória de Michael Jackson foi repleta de fama e acusações de ser pedófilo, das quais ele foi considerado inocente.

Entre diversos segredos publicados, um grande problema de pele que Michael enfrentou foram revelados.

A pele dos seus membros inferiores estava sendo, literalmente,comida por uma infecção fúngica. A estrela sentia muitas dores nos muitos calos que surgia. Informações retiradas do livro, Michael Jackson ficava envergonhado em procurar ajudar especializada, devido a aparência ser muito feia dos ferimentos, ele não permitia que ninguém olhasse.Além disso possuía muitas feridas em todo o seu corpo, resultado de centenas de injeções que o astro tomava.

Pele ‘comida’ por infecções fúngicas e feridas: livro narra fatos chocantes sobre o corpo de Michael Jackson

O livro ainda conta que a autópsia feita no corpo do cantor foi visto muitas cicatrizes de cirurgias plásticas, e que as vísceras só tinham restos de cápsulas de remédios, já que ele sofria de anorexia.O autor do livro Dylan Howard está sofrendo muitas acusações por falta de ética por divulgar essas informações.

Foto: Reprodução/Internet

 

 

 

ZILU REVELA QUERER CASAR E MORAR DE VEZ NOS EUA, E QUE VAI LANÇAR AUTOBIOGRAFIA POLÊMICA

Vídeo: novo ministro da Educação defende castigo físico e diz que criança ‘deve sentir dor’ para aprender

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *