Polícia investiga vídeo que Bolsonaro postou no qual Ceasa aparece vazia

Polícia investiga vídeo que Bolsonaro postou no qual Ceasa aparece vazia
Publicidade :)

Polícia investiga vídeo no qual a Ceasa de BH aparece vazia. De acordo com a administração da Ceasa o vídeo foi gravado no momento em que era realizada a limpeza do local. Conforme o presidente, o vídeo servia para provar que o isolamento social vai prejudicar a economia.

O vídeo mostra um apoiador do presidente mostrando o local vazio e dizendo que há desabastecimento. No texto, Bolsonaro diz que.

“não é um desentendimento entre o presidente e alguns governadores e prefeitos”, e que “são fatos e realidades que devem ser mostrados”.

Publicidade :)

Prefeito de Limeira faz vídeo tranquilizar população
Mas hoje pela manhã a imprensa esteve no local, e constatou que a Ceasa estava abastecida, ainda foi registrado grande movimentação de caminhões e clientes no local. A assessoria de imprensa da Ceasa também garantiu que não há falta de produtos por lá.

Nota:

“A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa) esclarece que desde o dia 12 de março … segue monitorando, diariamente, as ações da Ceasaminas e afirma que o fluxo de abastecimento segue normal.

Ontem, 31 de março, circulou pela internet um vídeo indicando o desabastecimento no entreposto da Grande BH, localizado Contagem. Mas a Seapa afirma que a informação é inverídica. A limpeza do Mercado Livre do Produtor (MLP), local em que o vídeo foi gravado, é realizada todas as terças, quintas e sextas-feiras, no período da tarde, e aos finais de semana. Portanto não é permitido no momento da limpeza a permanência das caixas com os alimentos.

Informamos, ainda, que a Secretaria e suas vinculadas (Emater-MG, Epamig e Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA) estão realizando o monitoramento da produção agropecuária no Estado, visando identificar possíveis impactos no processo de produção e abastecimento de alimentos. O levantamento e a sistematização das informações serão acompanhados semanalmente e atualizados uma vez por mês.

O relatório da segunda quinzena de março, apresentado ao Comitê Extraordinário Covid-19, aponta situação de normalidade, sinalizando não haver impacto significativo da pandemia, nas produções dos principais grãos (soja, milho, feijão e sorgo); café, frutas e olerícolas; e carnes (bovina, suína e aves). O levantamento está disponível no site da Seapa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *