Professora obriga criança especial de 5 anos a ficar sentado nas próprias fezes

Professora obriga criança especial de 5 anos a ficar sentado nas próprias fezes
Publicidade :)

Professora obriga criança de 5 anos a ficar sentado nas próprias fezes!!!!

Crianças independentemente da idade não tem muitas noções do que é certo e errado. Pois cabe aos pais e professores ensiná-los e direcionar todo esse aprendizado que é tão rápido na infância para as coisas boas e uteis.

Uma criança de apenas cinco anos passou por uma experiencia nada agradável, segundo sua professora para ele aprendesse a se comportar e também sobre normas de higiene, o pior de tudo é que além de nova a criança também é especial.

Publicidade :)

A policia foi chamada para a professora do primário que acabou sendo afastada da escola por ter obrigado seu aluno de apenas cinco anos a ficar sentado em cima das próprias fezes.

A criança havia sujado as calcas quando a professora disse que ele ficaria ali sem se limpar para que ele aprendesse uma lição. Kelly Lewis, obrigou então o menino a ficar sujo durante as próximas duas horas.

Kelly alegou aos policiais que seu intuito era ensinar o menino uma lição sobre higiene, mas causou a revolta de todos os pais já que se trata de um absurdo esse tipo de situação.

Professora obriga criança especial de 5 anos a ficar sentado nas próprias fezes

Segundo a policia a criança ficou machucada e com a pele vermelha, ainda ficou com trauma diante da situação e não queria mais voltar a escola.

A responsável foi acusada e precisou pagar mais de 20 reais. Ela não pode mais dar aulas para crianças, não foi revelado mais dados do menino já que todos gostariam que sua identidade fosse preservada.

A escola disse que nunca tiveram problema assim, mas a professora foi afastada de suas atividades e vai responder legalmente pelo que fez. Pois disseram não dar mais dados sobre o menino para não expor mais que o devido.

Ainda deixaram claro que a escola não apoio essa atitude e vai ajudar no que for necessário para que a professora receba punição merecida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *