QUARENTENA CONSEGUE DIMINUIR AVANÇO DO COVID-19 NA ARGENTINA

QUARENTENA CONSEGUE DIMINUIR AVANÇO DO COVID-19 NA ARGENTINA
Publicidade :)

QUARENTENA CONSEGUE DIMINUIR AVANÇO DO COVID-19 NA ARGENTINA

Desde o dia 20 de março com a determinação de quarentena total na Argentina, o país vem conseguindo controlar o avanço do novo coronavírus.

Todavia, além disso, no país vizinho está sendo conseguido achatar o crescimento da curva.

Publicidade :)

A medida do presidente Alberto Fernández vem sendo apoiada pelos médicos.

Além disso, a medida de radicalizar levou algumas cidades a paralisia total. Na região da Patagônia, um berço turístico, com as fronteiras fechadas, não há movimento.

“Tenho uma pequena pousada que está parada em El Calafate. Não há parque, voos ou ônibus. Cerca de 80% dos nossos turistas são estrangeiros. No início, o governo nos contatou porque queria saber onde havia europeus e asiáticos hospedados. Nas pousadas e hotéis onde havia gente dessas nacionalidades, foi estabelecido um controle, eles foram isolados nos quartos, não podiam sair, e com frequência tiravam a temperatura e checavam se havia sintomas”, relata um empresário afetado na Patagônia.

Entretanto, as pessoas ainda podem sair somente para comprar alimentos e remédios. O transporte público funciona apenas para pessoas com trabalhos essenciais.

QUARENTENA CONSEGUE DIMINUIR AVANÇO DO COVID-19 NA ARGENTINA

Todavia, para aqueles que precisam sair para trabalhar nas periferias, o Exército está distribuindo gêneros alimentares para controlar a movimentação nas ruas.

Saiba mais:

Governo argentino proíbe demissões durante 60 dias

Identificado medicamento que mata covid-19 em 48h

OMS volta a ressaltar a importância do isolamento social

SEGUNDO VIROLOGISTA, SAIR DO ISOLAMENTO AGORA É QUERER VOLTAR A MUNDO QUE NÃO EXISTE MAIS

Bolsonaro lança a campanha ‘O Brasil não Pode Parar’, você se sente seguro para sair da quarentena? Vote aqui!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *