Queridinho de Bolsonaro, Mario Frias chama auxílio emergencial

Queridinho de Bolsonaro, Mario Frias chama auxílio emergencial de esmola e causa revolta.

Pois o ator, Mario Farias, que veio para substituir Regina Duarte, também atriz, no posto da Secretária Especial de Cultura, falou no sábado, dia 27 de junho, com o deputado Eduardo Bolsonaro, em um vídeo no Youtube.

Zilu após ser humilhada e pisada por Zezé, vem à público e rompe sigilo

Entidades internacionais promovem ato Stop Bolsonaro Mundial em 24 países e quebra internet

Cantor Luciano fica emocionado ao relembrar 22 anos sem o cantor Leandro: ” A saudade fica, ela nunca passa”

Mas o político falou com o filho do presidente Bolsonaro sobre diversos assuntos, entre eles como está a sua convivência com o presidente do Brasil.

Queridinho de Bolsonaro, Mario Frias chama auxílio emergencial de esmola e causa revolta.

Mario conta que está se relacionando bem com Bolsonaro e conta que se sentia um “ET” no meio artístico em qual vivia.

Pois em uma fala dele que chocou muitas pessoas durante o bate-papo foi sobre o auxílio emergencial. Em sua fala, Farias conta que os artistas não querem essa “esmola”, se referindo ao benefício dos R$ 600.

Queridinho de Bolsonaro, Mario Frias chama auxílio emergencial de esmola e causa revolta.
Mario conta que a maioria dos profissionais que conhece diz não querer a ajuda do governo, pois querem, sim, voltar ao trabalho.

Após 1 mês que o Congresso Nacional, aprovou o protejo do auxílio emergencial, o setor ainda não havia sido assinado pelo presidente do Brasil.

O mesmo terá até o dia 30 deste mês para vetar o texto, ou sancioná-lo. Se Bolsonaro não o fizer, a lei entrará em vigor em seguida.
Urgente Atirador promove massacre em supermercado nos EUA

Idosa vai até delegacia para fazer um Boletim de Ocorrência contra a filha ‘encalhada’

Deficiente físico sem uma das mãos, vendedor de salgados é humilhado por cliente e história viraliza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *