Senado aprovou PEC do Orçamento de Guerra

Senado aprovou PEC do Orçamento de Guerra
Publicidade :)

O Senado aprovou na quarta-feira (17) a PEC do Orçamento de Guerra, que prevê como os gastos públicos passaram a ser executados durante a pandemia. Na prática a PEC vai simplificar os gastos do governo federal para o combate à pandemia de coronavírus.

Mas no entanto agora a PEC volta para a Câmara dos deputados que vai analisar as mudanças propostas pelos senadores. A PEC tem como obijetivo suavizar a crise econômica pela qual as empresas passam durante o período de pandemia do novo coronavírus.

A PEC foi apresentada no dia 1º de abril pelo presidente da Câmara, Maia (DEM-RJ). Conforme se pode ver, a matéria institui um regime extraordinário fiscal, financeiro e de contratações para o enfrentamento da calamidade pública. Mas apesar de a PEC flexibilizar contratações e compras para combater a pandemia, houve quem discordasse.

Publicidade :)

Alguns parlamentares chegaram a defender o adiamento da votação. O senador Telmário Mota (Pros-RR) criticou a hipótese de uma proposta que altera a Constituição ser apreciada durante uma sessão virtual. Ele questionou ainda o fato de a PEC 10/2020 prever a possibilidade de o Banco Central comprar títulos e ativos de empresas com risco de liquidez.

Com informações SENADO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *