Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Servidora do Senado agride empregada doméstica por motivo torpe… Ver mais

Outras funcionárias também denunciam ter sido agredidas pela servidora do Senado. Além disso, elas reclamam de falta de pagamento.

Uma empregada doméstica apresentou uma denúncia contra sua ex-empregadora na Polícia Civil do Distrito Federal, alegando ter sofrido agressões durante o período de trabalho. Consequentemente, a funcionária obteve uma gravação que captura o instante preciso em que a aposentada do Senado Federal a ataca com um tapa pelas costas.

Além disso, outras empregadas que prestaram serviços anteriormente no apartamento da servidora pública, situado no bairro Sudoeste, relataram experiências semelhantes de abuso físico, verbal e, sobretudo, psicológico.

Conflito Doméstico: Proprietária Ameaça Demitir Empregada por Risco à Vida de Planta

O vídeo revela que, em meio a uma discussão, a dona da casa advertiu a empregada de que seria demitida caso fosse responsável pela morte de uma planta.

Por outro lado, a vítima defendeu-se, alegando que a planta já se encontrava morta e que não havia mais medidas a tomar. Logo após, a proprietária avançou em direção à empregada e desferiu um tapa em suas costas.

Todavia, A servidora aposentada compartilha o lar com sua filha e uma neta que acaba de nascer. Em relação ao incidente, a denunciante, que preferiu manter o anonimato, relatou que dividia as tarefas na residência com outra funcionária, responsável por cuidar da criança, enquantoela própria se dedicava aos demais afazeres domésticos.

Ela descreve que, além das injúrias verbais, as funcionárias enfrentaram a falta de pagamento pelo mês trabalhado. Inicialmente, a situação parecia promissora, com promessas de pagamento pontual e um ambiente de trabalho conforme o planejado.

Contudo, as expectativas não se concretizaram, e elas não foram remuneradas pelos serviços prestados, tendo ainda que tolerar constantes desrespeitos no cotidiano.

Diante da busca por esclarecimentos, a babá relatou que também sofreu agressões por parte da patroa. “Ela segurou meu braço com força e interrompeu apenas quando implorei que cessasse, dado que eu segurava a criança no colo”, compartilhou ela.

Por ora, a reportagem optou por não revelar a identidade da servidora aposentada, tendo em vista que as acusações apresentadas ainda estão sob análise inicial pelas autoridades competentes.

Contudo, A violência contra empregadas domésticas é uma questão séria e preocupante. No Brasil, há relatos de maus-tratos e agressões físicas por parte dos empregadores. Durante a pandemia, houve um aumento de cerca de 80% nos casos de abuso contra trabalhadoras domésticas.

E suma, A violência doméstica pode se manifestar de várias formas, incluindo agressões físicas, sexuais, psicológicas, patrimoniais e morais. É importante reconhecer e denunciar esses atos para proteger as vítimas e promover um ambiente de trabalho seguro e respeitoso.

 

 

Leia mais: O Modelo Mais Lindo da Itália Abandona Carreira para o Sacerdócio e o motivo é comovente… Ver mais…

Comentários estão fechados.