Sete jovens morreram juntos depois de burlar a quarentena em São Paulo

Sete jovens morreram juntos depois de burlar a quarentena em São Paulo
Publicidade :)

Sete jovens morreram juntos depois de burlar a quarentena em São Paulo

A Organização Mundial da Saúde tem orientado a população mundial para que fiquem em casa, exceto aqueles que estão na linha de frente no combate ao coronavírus.
Com isso, qualquer aglomeração está proibida por tempo indeterminado.
Porém, infelizmente, um grupo de 7 jovens, amigos de escola, resolveram furar a quarentena e com isso, perderam as vidas quando retornavam de uma festa em Colina de São Pedro, São Paulo.
Dessa forma, por meio das redes sociais, diversas pessoas se solidarizariam com as famílias das vítimas.
Mas, como elas morreram? Houve um acidente entre o carro que estavam e um ônibus, na manhã de ontem.
Este acidente aconteceu na estrada de vicinal Alcídio Balbo, que fica entre Sertãozinho e o distrito Cruz das Posses, em São Paulo.

Cientista prevê que pandemia acabará mais cedo

Publicidade :)

Presidente de Belarus sugere tratar coronavirus com vodka e sauna

Sete jovens morreram juntos depois de burlar a quarentena em São Paulo

Conforme a Polícia Rodoviária e Militar, o veículo que os jovens estavam perdeu a direção numa curva e dessa forma, invadiu a pista no trecho do Alcídio Balbo.
Com isso, acabou colidindo de frente com o o ônibus.

Além disso, o veículo tinha capacidade somente para 5 pessoas, porém transportava 7.

O condutor do ônibus não teve ferimentos, porém o do Palio, todos morreram.

Estavam dentro do veículo 3 mulheres e 4 homens com a faixa etária de 15 a 30 anos.

 

Saiba Mais:

EUROPA ULTRAPASSA MARCA DE 100 MIL MORTES POR CORONAVÍRUS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *