Sikêra Jr. usa camisa de força e faz críticas a Bolsonaro em live precária da RedeTV

Sikêra Jr. usa camisa de força e faz críticas a Bolsonaro em live precária da RedeTV

Pois é, durante este período de quarentena onde as pessoas precisam ficar dentro de casa para evitar a transmissão e contágio, os brasileiros têm encontrado grande dificuldade para poder suportar a transmissão da RedeTV.
Com isso, ontem, simplesmente foi complicado aguentar a transmissão precária do show de rock do apresentador Sikêra Jr.
Para começo de conversa, ele atrasou mais de 40 minutos e entrou no palco com uma camisa de força.
Mas, qual o intuito disso? Provocar Drauzio Varella, assim como também o governo do presidente Jair Messias Bolsonaro.
Além disso, foi possível constatar a total falta de preparo da equipe, já que houve inúmeras falhas técnicas na emissora.
Ademais, durante a live o apresentador resolveu cantar com a banda de rock dele a música Manicômio.
Contudo, foi tudo horroroso!
A imagem possuía baixa definição, a transmissão travava e ficava picotada. E o áudio? Muito baixo.
Além de tudo isso, era possível ver pessoas aglomeradas participando de um churrasco sem qualquer distanciamento mínimo.
Porém, não parou por aí, ninguém também usou máscaras.
Portanto, inúmeros foram os erros.

Xuxa se manifesta, adere à campanha “Somos 70 por cento” contra Bolsonaro e web responde

Xuxa será avó? Gravidez de famosa causa alvoroço e web vai à loucura

Adolescentes riem e celebram a retirada de feto

Sikêra Jr. usa camisa de força e faz críticas a Bolsonaro em live precária da RedeTV

Para dar início ao show, o apresentador preparou um clipe para demonstrar o impacto que o coronavírus está tendo no Amazonas, local de onde realizou a apresentação.
Além disso, ele também resolveu intercalar cenas com um vídeo feito pelo médico Dráuzio Varella no mês de janeiro, antes do primeiro registro de Covid-19 no Brasil, onde o doutor falava que “esse vírus não tem potencial”.
O apresentador é um grande apoiador do presidente, porém não acreditava no poder do coronavírus, até ser contaminado e ter a vida completamente alterada por duas semanas.
Dessa forma ele também disse:
“Não temos culpa pela má distribuição, o Brasil sempre foi assim. Entquanto as pessoas de casa não aprenderem a escolher seus líderes você nunca vai ter uma saúde decente, uma escola decente, uma educação decente. O Brasil precisa melhorar muito!
Esta fala foi uma forma que ele encontrou para alfinetar o presidente, enquanto estava cantando a músiva Até Quando Esperar, do grupo Plebe Rude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *