Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Tragédia: Homem sente cheiro forte, e polícia encontra 2 corpos em poço de 5 metros. “Eles foram brutal… Ver mais

Suspeito de Crimes é Preso e Aguarda Interrogatório na Quarta-feira (24).

O delegado Anderson Romão, responsável pela investigação do caso chocante em Roncador, no centro-oeste do Paraná, revelou detalhes perturbadores. Segundo ele, um homem e uma mulher, cujos corpos foram descobertos em um poço, sofreram tortura antes de serem brutalmente assassinados.

Tragicamente descobriram um homem e uma mulher torturados e jogados em um poço.

Romão relatou que alguém submeteu as vítimas a tortura por faca antes de executá-las cruelmente. O local do crime, um imóvel alugado, foi palco de uma reunião suspeita no dia do incidente. Acredita-se que, durante esse encontro, os indivíduos presentes cometeram o assassinato e descartaram os corpos no poço.

Em 19 de janeiro, um homem na rua sentiu um cheiro forte e chamou os bombeiros. Descobriram os corpos de Ana Paula de Andrade Silva, de 31 anos, e Sidnei Machado Aniceto, de 33 anos, como resultado.

Interessante notar que, três dias antes dessa descoberta trágica, os familiares das vítimas já haviam registrado o desaparecimento delas em um Boletim de Ocorrência (B.O.).

Nesta semana, a Polícia Civil efetuou a prisão de um homem de 43 anos, suspeito de estar envolvido no crime. De acordo com o delegado, o poço onde os corpos foram encontrados está localizado no terreno da casa do suspeito.

Curiosamente, a prisão ocorreu durante um roubo a uma loja em Bandeirantes, no Norte Pioneiro. O delegado informou que o interrogatório do suspeito está previsto para esta quarta-feira (24).

Entretanto, a investigação ainda não esclareceu qual seria o possível envolvimento do homem nos assassinatos, nem se ele teria torturado Sidnei e Ana Paula.

Polícia investiga acerto de contas como principal hipótese para o crime

A polícia, em sua principal linha de investigação, está considerando a possibilidade de que o crime possa ter sido um acerto de contas.

As vítimas, identificadas como Sidnei e Ana Paula, eram conhecidas uma da outra, mas não mantinham um relacionamento amoroso, conforme informado por Romão. Este caso está sendo investigado como um duplo homicídio.

Na análise preliminar, a polícia acredita que alguém esfaqueou Sidnei até a morte, enquanto disparos de arma de fogo vitimaram Ana Paula.

O delegado ressaltou que ainda não localizaram a faca e a arma utilizadas nos crimes.

Leia mais: Rafaella Justus mostra a verdadeira face do pai e abre o jogo sobre namoro: “no comecinho… Ver mais

Comentários estão fechados.