URGENTE: Nos Estados Unidos, vaza FOTO de BOLSONARO fazendo algo IMPACTANTE; ‘Deboche’

URGENTE: Nos Estados Unidos, vaza FOTO de BOLSONARO fazendo algo IMPACTANTE; ‘Deboche’

Jair Bolsonaro, não conseguiu uma reeleição e foi derrotado por Lula no segundo turno realizado no último domingo, 30 de outubro. Lula deve assumir o cargo no dia 1° de janeiro de 2023. URGENTE: Nos Estados Unidos, vaza FOTO de BOLSONARO fazendo algo IMPACTANTE; ‘Deboche’

Publicidade :)

Os mais de 58 milhões de eleitores de Jair Bolsonaro ficaram desapontados com o resultado das eleições e ainda não se conformaram. O atual presidente é o primeiro a não se reeleger desde 1997, quando essa possibilidade foi instituída. Quase metade do Brasil não se conforma com a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva.

Jair Bolsonaro não parabenizou seu adversário, Lula da Silva pela vitória e não quis responder as perguntas feitas pelos jornalistas, que haviam ficado em peso no hall da Alvorada, esperando um pronunciamento de Bolsonaro. O chefe executivo ficou muito abatido após sua derrota para Lula, tendo recebido 58 milhões de votos e seu adversário 60 milhões.

Lula foi presidente do Brasil de 2003 a 2010. Segundo as pesquisas, Lula seria o vencedor das eleições deste ano, desde as primeiras pesquisas feitas. Lula recebeu 60 milhões de votos ao total e Jair Bolsonaro recebeu 58 milhões, sendo essa uma vantagem de dois milhões de votos.

URGENTE: Nos Estados Unidos, vaza FOTO de BOLSONARO fazendo algo IMPACTANTE; ‘Deboche’

Passando um período na terra do fast food, o ex-presidente Jair Bolsonaro foi fotografado por seus assessores preparando um café da manhã inusitado: pão com leite condensado. Bolsonaro está na mansão de José Aldo, em Orlando, nos Estados Unidos. Bolsonaro foi para Orlando no dia 30 de dezembro e segundo informações, Bolsonaro não tem previsão para voltar para o Brasil.

URGENTE: Nos
Reprodução da internet.

Em janeiro de 2021 foi revelado que em um ano, os órgãos sob comando do presidente Jair Bolsonaro gastaram pouco mais de R$ 15 milhões em leite condensado. De acordo com informações, parte do alimento seria para sobremesas dadas aos militares do exército brasileiro.

Neste ano, Lula da Silva retirou o sigilo de gastos do cartão corporativo de Bolsonaro, e notas fiscais revelaram gastos de R$ 27 milhões.