Venezuela decreta estado de sítio na fronteira com Colômbia

Venezuela decreta estado de sítio na fronteira com Colômbia
Publicidade :)

Venezuela decreta estado de sítio na fronteira entre os dois países devido o avanço da pandemia da covid-19. Mas a medida atinge apenas três os municípios. Conforme o comunicado são as cidades de Simón Bolívar, Pedro María Ureña e San António de Táchira. Jorge Rodríguez e o comandante-geral do Comando Estratégico das Forças Armadas Bolivarianas informou que a medida vigora entre 16h e as 10h horas locais.

De acordo o informado, objetivo impedir a entrada no país, por via terrestre, de “desertores e paramilitares”. As autoridades vão identificar, por meio de impressões digitais, todas as pessoas que entram no país.

Autônomo pode baixar app para receber auxilio emergencial a partir de hoje

Publicidade :)

Cientistas descobrem remédio mais eficaz que a cloroquina para covid-19.

De acordo com as autoridades venezuelanas, todas as pessoas que entrem no país passarão por um período de 15 dias em quarentena preventiva devido à covid-19.

“Estamos iniciando o estado de sítio nos municípios de Simón Bolívar, San António e Ureña, no estado de Táchira, e quem ingressar pela Ponte Simón Bolívar (que une a Venezuela à Colômbia) deve permanecer 15 dias em quarentena. Para isso, há uma articulação cívico-militar policial”, disse Ceballos à televisão estatal.

Autoridades venezuelanas informaram que muitos venezuelanos que estavam na Colômbia já retornaram ao país.

“Nas últimas horas, aproximadamente 600 cidadãos venezuelanos regressaram ao seu país pela Ponte Internacional Simón Bolívar”, informou nas redes sociais a MC. Segundo a MIgração Colômbia, esses estrangeiros, “de maneira voluntária, decidiram abandonar” a Colômbia, divididos em dois grupos, em 20 ônibus. Venezuela decreta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *