Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Ana Hickmann e Alexandre Correa enfrentam uma dívida milionária e a credora pede a mansão da apresentadora em troca… Ver mais…

Empresa de Tatuí (SP) cobra R$ 1,7 milhão por um empréstimo de R$ 1,5 milhão, feito em setembro de 2022.

Uma empresa financeira de Tatuí (SP) entrou com uma ação na Justiça cobrando uma dívida de R$ 1,7 milhão de uma empresa de Ana Hickmann e do empresário Alexandre Correa.

De acordo com o documento, a credora pede a confiscação da mansão da apresentadora, que fica em um condomínio de Itu, no interior de São Paulo. No entanto, a Justiça negou o pedido, conforme a decisão publicada nesta terça-feira (12).

De acordo com o processo, a empresa cobra R$ 1,7 milhão por um empréstimo de R$ 1,5 milhão, feito em setembro de 2022. Além disso, a mansão em Itu teria sido incluída como alienação fiduciária, uma forma de garantia onde o devedor, ao financiar algo, o deixa no nome do credor até que a dívida seja paga.

A empresa credora de Tatuí alega que a família Hickmann-Correa possui uma dívida de mais de R$ 11 milhões, o que reforçaria a tese de que a dívida não seria paga.

Por isso, a empresa pediu pelo arresto dos bens de Hickmann e Correa. No entanto, a juíza Ana Laura Correa Rodrigues alegou em sua decisão que “não há indícios de insolvência dos executados, ou manobras para ocultação de patrimônio”.

A juíza concluiu que “as provas apresentadas não permitem a avaliação de risco de dano ao resultado final da ação executiva. Agravo não provido”.

As defesas de Ana Hickmann e Alexandre Correa enfrentaram questionamentos recentemente. Enquanto a assessoria da apresentadora optou por não se posicionar sobre o assunto, os advogados de Alexandre não estabeleceram comunicação até o momento da última atualização desta matéria.

O Caso de Ana Hickmann e Alexandre Correa completou 30 dias

Após um mês do ocorrido, o episódio de violência doméstica reportado pela modelo e apresentadora Ana Hickmann, durante um conflito com seu marido, o empresário Alexandre Correa, chega à marca de 30 dias nesta segunda-feira (11).

O incidente, que se deu no dia 11 de novembro, aconteceu na residência do casal, localizada em um condomínio de luxo em Itu (SP). Na ocasião, Ana formalizou uma denúncia contra Alexandre, acusando-o de lesão corporal e violência doméstica.

De acordo com o boletim, a Polícia Militar recebeu um chamado para se dirigir ao condomínio e, ao chegar, conversou com Ana.

Ela descreveu aos oficiais que, por volta das 15h30, se encontrava na cozinha de sua residência, acompanhada pelo marido, pelo filho do casal, de 10 anos, e por empregados, quando iniciou-se uma discussão com Alexandre.

O desentendimento acabou por intimidar o garoto, que decidiu deixar o local.

Segundo o relatório da Polícia Civil, durante o incidente, Alexandre teria coagido Ana contra a parede e feito ameaças de agressão com cabeçadas.

Ela relata que conseguiu se desvencilhar do marido e, na tentativa de pegar o celular, localizado em uma área externa da casa, para contatar a polícia, ele agiu de forma abrupta, fechando uma porta de correr e prendendo o braço esquerdo dela no processo.

Quando a Polícia Militar chegou à casa, Alexandre já havia saído do local.

Confirmou desentendimento, mas negou cabeçadas

No dia subsequente ao evento, 12 de novembro, Alexandre admitiu o conflito com Ana, porém refutou as alegações de cabeçadas. Além disso, ele expressou arrependimento, pedindo desculpas pelo sucedido.

Dois dias após o incidente, a apresentadora expressou-se pela primeira vez nas redes sociais, onde expressou gratidão pelo apoio recebido e explicou sua ausência.

Ela revelou: “Optei por me distanciar pois era doloroso demais acompanhar as notícias. Havia muitas verdades circulando, mas também inúmeras falsidades que estavam me ferindo profundamente.”

Posteriormente, a modelo deu entrada em um processo de divórcio amparada pela Lei Maria da Penha e requisitou uma ordem de restrição contra seu esposo.

Por outro lado, Alexandre manifestou o desejo de também se divorciar. Contudo, ele solicitou à Justiça a anulação da ordem de restrição, pedido que foi atendido, permitindo-lhe assim ver o filho.

Recentemente, Alexandre apresentou um novo pedido visando a revogação da medida protetiva que Ana havia solicitado. Esse pedido foi formalizado na última sexta-feira, dia 8.

Em resposta, a equipe de Ana emitiu um comunicado na noite de sábado, dia 9.

No texto, enfatizam que a defesa de Alexandre está tentando “manipular os fatos” e mencionam o “empenho em desviar o foco e minimizar a importância da medida protetiva”.

Leia mais: URGENTE: Marido de ANA HICKMANN agride apresentadora dentro de casa e ela fica toda… Ver mais…

Comentários estão fechados.