Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Um homem é baleado após tentar matar ex e a filha dela em São Paulo: VEJA O VÍDEO…

Suspeito ameaçou os policiais militares com uma faca.

Na noite desta sexta-feira (8), um homem foi baleado após tentar matar a ex-companheira e filha dela com ‘duas facas’ no bairro do Campo Grande, zona sul de São Paulo.

Felizmente, as vítimas conseguiram pedir socorro e não ficaram feridas.

De acordo com a Polícia Militar, após receber uma ligação por volta das 18h30, uma equipe chegou ao local e encontrou o homem sem camiseta e com sinais de embriaguez.

O homem, que estava com as vítimas em uma casa, avançou em direção aos policiais com uma faca na mão quando eles se aproximaram.

De acordo com imagens do circuito de segurança, é possível ver o momento em que o agressor ameaça os PMs. Logo em seguida, um policial atira contra o suspeito, que acaba caindo na via.

O homem, que precisou passar por cirurgia, foi socorrido e encaminhado ao Hospital Geral de Pedreira, onde continua internado. As vítimas, por sua vez, compareceram à delegacia e denunciaram as agressões.

Portanto, A violência doméstica é um problema sério e recorrente em todo o mundo, incluindo o Brasil.

De acordo com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em 2020, houve um aumento de 8,4% no número de denúncias de violência contra a mulher em relação ao ano anterior.

A violência doméstica pode assumir várias formas, incluindo abuso físico, psicológico, sexual e financeiro.

É importante que as vítimas saibam que não estão sozinhas e que existem recursos disponíveis para ajudá-las a sair de situações abusivas.

Violência contra a mulher

O Ligue 180 é um serviço gratuito e confidencial que oferece informações e orientações sobre direitos e serviços públicos disponíveis para mulheres em situação de violência.

Além disso, a Lei Maria da Penha, sancionada em 2006, é uma legislação brasileira que visa proteger as mulheres da violência doméstica e familiar.

É importante que a sociedade como um todo se mobilize para combater a violência doméstica e garantir que as vítimas recebam o apoio e a proteção necessários.

Contudo, O feminicídio é o homicídio praticado contra a mulher em decorrência do fato de ela ser mulher.

A lei do feminicídio visa a coibir o homicídio de mulheres em determinadas circunstâncias muito comuns no Brasil.

A lei 13.104/15, mais conhecida como Lei do Feminicídio, alterou o Código Penal brasileiro, incluindo como qualificador do crime de homicídio o feminicídio.

Infelizmente, o feminicídio é um problema grave e crescente no Brasil. Em 2022, houve um recorde de feminicídios no país, com uma mulher morta a cada seis horas.

Em suma, É importante que a sociedade como um todo se mobilize para combater a violência contra a mulher e garantir que as vítimas recebam o apoio e a proteção necessários.

Leia mais: Mulher morta por marido em Jandira foi achada com ‘faca cravada no pescoço’… Ver mais…

Comentários estão fechados.