Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Ato Heróico que se tornou Trágico: Jovem Sacrifica a Própria Vida em Defesa da Mãe. Para salvar a mãe ele levou vários golpes de… Ver mais…

Uma briga irrompeu no ponto de mototáxi do centro da Pavuna, próximo ao metrô. Uma briga que aconteceu no ponto de mototáxi do centro da Pavuna, próximo ao metrô.

Na segunda-feira (4), o corpo do jovem Briane Fábio Ruas, de 23 anos, que foi tragicamente morto a ‘facadas’ no centro da Pavuna, foi liberado do Instituto Médico Legal Afrânio Peixoto. Durante uma briga no domingo anterior (3), na Praça Copérnico, na Zona Norte do Rio, um jovem corajoso defendeu sua mãe e foi ‘esfaqueado no peito.’

A perda do jovem Briane é claramente uma tragédia que deixou a comunidade e sua família em estado de choque.

Portanto, o irmão de Briane, Breno Ruas, compartilhou mais sobre a vida do jovem. Briane, muito querido por todos, trabalhava em uma banca de legumes da região, conforme ele revelou.

Em suas palavras, “Ele era um crianção. Difícil de acreditar. Um moleque tão tranquilo, nunca mexeu com ninguém”.

Contudo, Briane, um jovem corajoso, encontrou-se em uma situação terrível ao intervir em uma briga entre sua mãe e um homem em situação de rua. Infelizmente, ele acabou sendo esfaqueado várias vezes no peito e no braço.

Agora, a família está em busca de justiça. Breno, o irmão de Briane, exige que o agressor seja responsabilizado. “Minha mãe estava de costas e ele foi pra cima dela. Pegou ela distraída.

Entretanto, é uma situação extremamente difícil e a família merece justiça. A violência nunca é a solução e esperamos que a justiça prevaleça neste caso.

Briane, um homem que amava sua família, deixa para trás sua esposa e uma filha de apenas 6 anos. A perda é imensurável e o vazio deixado por ele é indescritível.

Contudo, em resposta ao incidente, a Polícia Militar tomou medidas imediatas.

Entretanto, A Polícia Civil divulgou uma nota afirmando que a Delegacia de Homicídios já ouviu testemunhas no local e realizou a perícia. A investigação da morte do homem está em andamento. Além disso, a polícia analisará imagens de câmeras de segurança para auxiliar na investigação.

Violência com arma branca é uma questão séria

Em suma, A legislação brasileira trata a violência com arma branca como uma questão séria. O artigo 157 do Código Penal, que a Lei 13.964/2019 alterou, estabelece que se a violência ou grave ameaça ocorrer com o uso de arma branca, a pena aumenta de um terço até a metade.

Arma branca é definida como todo objeto simples ou singelo que serve de arma, para a defesa ou ao ataque, constituído de ponta (s) ou lâminas, com capacidade de perfurar ou cortar como pregos, parafusos, agulhas de costura, tricot, para fazer redes de pesca, tesouras, chaves de fenda, canivetes ou navalhas.

Leia mais: Delegado Acusado de Assédio Sexual por Policial Civil: ‘Ele Começou a Abrir o Zíper ao Meu Lado… Ver mais…

Comentários estão fechados.