Caso Lázaro: Antes da chacina da família Vidal, criminoso atirou em grávida e roubou R$ 6 mil no DF

Sensitiva decreta estado da alma de Lázaro Barbosa, dias após morte metralhado pela polícia: “Do lado do demônio”

Caso Lázaro: Antes da chacina da família Vidal, criminoso atirou em grávida e roubou R$ 6 mil no DF

Lázaro Barbosa é considerado um dos maiores bandidos que já existiu. Após reunir mais de 300 homens em sua busca, o serial killer do DF conseguiu fugir durante 20 dias. Na ultima segunda-feira, Lázaro foi morto pelas autoridade, atingido por cerca de 38 tiros, sendo 2 na cabeça. 

Além disso, antes de realizar a chacina da familia Vidal, onde ele matou marido, mulher e 2 filhos, atirou em uma mulher grávida e roubou 6 mil reais de uma família.

Ainda assim, um caseiro identificado como Uildson Rodrigues Lopes, 25, relatou que Lázaro invadiu sua casa no dia 11 de maio, por voltas das 18h. Em outras palavras, o criminoso chegou a casa da familia muito nervoso e exigindo por dinheiro e coisas de valor 

Caso Lázaro: Antes da chacina da família Vidal, criminoso atirou em grávida e roubou R$ 6 mil no DF

“Eu o reconheci. Totalmente certeza que era o Lázaro, porque no dia que ele rendeu a gente, eu observei que no rosto dele tinha uma pequena cicatriz. Até registrei esse detalhe na ocorrência policial. A altura dele, uns 1,80m e tinha uma barba rala. Tenho totalmente certeza” relatou o homem ao reconhecer Lázaro nos jornais.

Nesse sentido, bastante assustados, Uidson pegou sua mulher e seus filhos e se mudaram para o interior de MG, o homem contou que o valor levado por Lázaro era economias que o casal juntavam por muito tempo 

Em suma, o homem revelou que Lázaro atingiu sua mulher grávida e a filha de 3 anos de raspão. 

O enterro e velório de Lázaro, deve acontecer no distrito de Edilândia, em Cocalzinho de Goiás, mesma localidade onde o criminoso fez várias vítimas e viveu toda sua vida.

LEIA MAIS NOTICIAS EM:

Vídeo: emocionante momento em que guarda civil faz o resgate de um bebê no mar;

Copy