Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Caso Pedro Lucas: Ossada encontrada, às margens do córrego é de… Ver mais

Investigação completa três meses sem pistas que ajudem a polícia a encontrar o menino. Pedro Lucas desapareceu no dia 1º de novembro de 2023, em Rio Verde

A Polícia Civil (PC) confirmou que a ossada, encontrada a 5 km de distância da casa da família de Pedro Lucas Santos, de 9 anos, não pertence ao menino desaparecido. Entretanto, a investigação do caso, que completou três meses no dia 1º de fevereiro, continua sem pistas que possam auxiliar a polícia na busca por Pedro Lucas.

Desaparecimento de Pedro Lucas em Rio Verde, Goiás, 1º de Novembro de 2023

Portanto, Pedro Lucas desapareceu em Rio Verde, no sudoeste de Goiás, no dia 1º de novembro de 2023. Posteriormente, José Domingos dos Santos, o padrasto do menino de 22 anos, foi preso sob suspeita de homicídio. Contudo, a defesa de José insiste que ele nega as acusações e está colaborando com a investigação.

Por outro lado, o delegado Adelson Candeo confirmou que a ossada encontrada no dia 8 de janeiro, às margens do córrego Abóbora, pertence a um adolescente de 16 anos, Francisco Carlos Silva, que estava desaparecido desde 23 de novembro de 2023. Além disso, nesta segunda-feira (5), dois irmãos suspeitos da morte de Francisco foram presos.

Embora a ossada encontrada não seja de Pedro Lucas, Candeo assegura que a investigação do caso prosseguirá. “A polícia mantém seus esforços para obter informações sobre o paradeiro do corpo do menino”, declarou. No dia 29 de janeiro passado, o Corpo de Bombeiros reiniciou as operações de busca pelo corpo do menino.

 

Para relembrar o caso

Todavia, Pedro Lucas Santos foi avistado pela última vez no dia 1º de novembro. Segundo o delegado, Pedro Lucas deixou sua casa com o objetivo de acompanhar seu irmão mais novo, de 6 anos, até a escola.

As câmeras de segurança registraram Pedro Lucas circulando nas proximidades da residência familiar após o término das aulas. Nas imagens capturadas, o menino está vestindo uma regata azul, chinelos e um short, caminhando perto de sua casa.

No dia 5 de novembro, a mãe de Pedro Lucas tomou a decisão de registrar um boletim de ocorrência, isso ocorreu quatro dias após o desaparecimento do menino. De acordo com o delegado Adelson Candeo, a mãe, em um primeiro momento, relatou que o filho havia chegado em casa, almoçado e comunicado ao padrasto que iria para a casa da avó.

No entanto, posteriormente, ela contradisse essa versão e admitiu ter mentido para justificar a demora em registrar a ocorrência. Quando questionada, a mulher confessou a mentira, alegando que o medo de perder a guarda dos outros dois filhos a levou a agir dessa maneira.

O caso de Pedro Lucas é um mistério que continua sem solução. A polícia e a comunidade local continuam suas buscas e investigações na esperança de encontrar Pedro Lucas e trazer respostas para sua família e para a comunidade de Rio Verde.

Crianças Desaparecidas no Brasil: Uma Realidade Alarmante

O desaparecimento de crianças é uma realidade preocupante no Brasil. Segundo dados da Organização das Nações Unidas, cerca de 50 mil crianças desaparecem por ano no país. Infelizmente, estima-se que cerca de 10% dessas crianças e adolescentes jamais serão encontrados.

As causas do desaparecimento de crianças e adolescentes são diversas e incluem maus-tratos, trabalho escravo, adoção ilegal, remoção de órgãos, entre outras. Muitas dessas crianças acabam enredadas na teia de possibilidades criada pelo tráfico de pessoas.

Quanto mais rápido a família procurar ajuda, maiores são as chances do reencontro. Dados do Conselho Nacional do Ministério Público de 2022 dão conta de que 35% dos desaparecidos no Brasil eram crianças e adolescentes de zero a 17 anos.

Mantenha-se atualizado sobre os principais eventos no Brasil e no mundo, continuando a acompanhar nosso site.

Leia mais: Exclusivo: veja as mensagens trocadas entre jogador do Corinthians e jovem que morreu após relação sexu4l.

 

Comentários estão fechados.