Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Corpo de MENINA de 4 anos que havia desaparecido em nova Iguaçu, foi encontrado em um saco de ração e primo confessa ter ‘violentado’ e matado… Ver mais…

Kemilly Hadassa Silva desapareceu desde a madrugada de sábado (10).

Durante o depoimento, o homem que foi detido pelos policiais civis neste domingo (10), admitiu com detalhes que cometeu os crimes de estupro e homicídio contra a menina Kemilly Hadassa Silva, que tinha apenas 4 anos de idade. É uma notícia trágica e meu coração está com todos os afetados por essa terrível perda.

Reynaldo Rocha Nascimento, primo da menina de 4 anos, chamada Kemilly Hadassa, foi o autor desse crime

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) relatou que Reynaldo Rocha Nascimento é primo da vítima e possui laços familiares com ela.

O trágico desfecho se desvendou quando descobriram o corpo de Kemilly Hadassa Silva escondido em um saco de ração, um achado macabro próximo à residência do suspeito.

Vizinhos agrediram o suspeito encontrado no domingo, em um subsequente desdobramento dos eventos. Já na delegacia, em meio às circunstâncias que se seguiram, ele acabou por admitir sua responsabilidade no crime.

A mãe da vítima, antes do crime, deixou-a em casa sozinha, dormindo com seus dois irmãos, de 7 e 8 anos, enquanto foi a uma festa perto de sua residência. Ao retornar pela manhã, ela não encontrou a filha em casa.

Ela procurou na casa de parentes e amigos e, em desespero, recorreu à Polícia Civil em busca de ajuda.

Inicialmente, vizinhos da vítima foram à casa de Reynaldo e o agrediram. Policiais militares salvaram o suspeito. Em seguida, conduziram o criminoso à 56ª DP (Comendador Soares) e, posteriormente, policiais civis da DHBF o levaram.

Na delegacia, Reynaldo confessou o crime e revelou onde escondeu o corpo. Finalmente, o corpo da criança foi encontrado dentro de um saco de ração na beira de um valão, próximo à casa do acusado.

Segundo a polícia, ele explicou que havia retirado a menina de casa, pois sabia que ela estaria sozinha. O homem disse que, após ter abusado da menina, a vítima começou a chorar.

Para evitar ser descoberto com o choro dela, chegou a começar a ‘cortar seu pescoço’, mas voltou atrás e a ‘enforcou’. Depois, escondeu o corpo da criança em um saco de ração e jogou na beira de um valão.

De acordo com a Polícia Civil, Reynaldo tem passagem por roubo.

Abuso infantil, como o caso da menina, é uma grave violação dos direitos das crianças.

O abuso infantil é uma realidade complexa e devastadora que afeta crianças em todo o mundo. Ele pode assumir várias formas, incluindo abuso físico, abuso psicológico e abuso sexual.

Cada tipo de abuso tem um impacto profundo no desenvolvimento e bem-estar da criança, podendo causar traumas de longo prazo e dificuldades emocionais e psicológicas.

Tipos de Abuso Infantil:

Físico: Lesões corporais intencionais, como espancamentos, queimaduras ou outras formas de violência física.
Psicológico: Danos emocionais causados por comportamentos como humilhação, rejeição, ameaças e isolamento.
Sexual: Qualquer forma de atividade sexual com uma criança, incluindo toque indevido, exploração e exposição a material pornográfico.

Como Identificar Abuso Infantil:

Mudanças no comportamento ou desempenho escolar da criança.
Ferimentos físicos inexplicáveis ou recorrentes.
Comportamento sexualizado inadequado para a idade da criança.
Sinais de medo ou ansiedade em relação a certas pessoas ou lugares.

Prevenção e Combate ao Abuso Infantil:

Educação e conscientização sobre os direitos das crianças e como protegê-las.
Criação de ambientes seguros para as crianças em casa, na escola e na comunidade.
Apoio jurídico e psicológico para crianças e famílias afetadas pelo abuso.

Em suma, Se você suspeitar que uma criança está sendo abusada, é crucial agir imediatamente, reportando suas preocupações às autoridades competentes. Organizações como o Instituto Infância Protegida oferecem amparo jurídico e psicológico a vítimas de violência sexual.

Lembre-se, proteger as crianças é responsabilidade de todos nós.

Leia mais: Desaparecimento Misterioso: Menina de 4 Anos Some Durante a Noite em Nova Iguaçu enquanto a mãe estava na ba… Ver mais…

Comentários estão fechados.