Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

VÍDEO: Ex-Namorado Esf4queia Mulher em Plena Luz do Dia nas Ruas de Goiânia. “O ataque perfurou os órgãos…Ver mais

Segundo filho dela, ela e o ex estavam separados há quatro meses.

Alana Mata Ferreira, uma empregada doméstica de 40 anos, foi tragicamente filmada sendo ‘esfaqueada’ por seu ex-companheiro em plena rua. Infelizmente, ela veio a falecer neste último domingo (7) em um hospital localizado em Goiânia. De acordo com relatos de seu filho, a mulher fez uma tentativa desesperada de fugir e buscar ajuda. Após socorrê-la, a internaram em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde ela permaneceu até seu falecimento.

Contudo, ele contou que a mãe teve duas paradas cardíacas e não resistiu. A agressão aconteceu na última segunda-feira (1º), no Jardim Vitória II.

Mulher Foge de Agressor e é Atacada em Público: Um Terrível Ato de Violência Capturado em Vídeo

Segundo o boletim de ocorrência, uma ‘facada’ na costela atingiu a mulher. Inicialmente, as agressões ocorreram dentro da residência da vítima, levando-a a fugir para a rua em busca de socorro. Um vídeo capturou o terrível momento em que o homem a atacou em público (veja abaixo).

Todavia, o ataque perfurou os órgãos da mãe, informou o filho da vítima. Isso exigiu que ela passasse por procedimentos cirúrgicos no Hospital Estadual de Urgências de Goiás (Hugo).

Conforme relatado pelo filho, o casal teve um relacionamento que durou aproximadamente 6 anos, mas decidiram se separar há cerca de quatro meses. “Ele já demonstrava um comportamento bastante agressivo, chegando a agredir fisicamente a minha mãe”, esclareceu o filho.

De acordo com o relato do jovem, o homem teve dificuldade em aceitar que a mulher iniciou um novo relacionamento após o fim do deles.

A Dificuldade de Aceitar um Novo Relacionamento: Navegando por Sentimentos de Ciúme, Possessividade, Rejeição e Arrependimento

Todavia, a dificuldade em aceitar um novo relacionamento pode surgir de vários sentimentos, como ciúme, possessividade, rejeição ou até mesmo arrependimento. Pode ser difícil ver alguém que você se importava profundamente seguir em frente, especialmente se você ainda não fez isso.

É importante lembrar que cada pessoa tem seu próprio tempo para curar e seguir em frente após o término de um relacionamento. Algumas pessoas podem se mover rapidamente, enquanto outras podem levar mais tempo para processar seus sentimentos e aceitar a mudança.

Aconselha-se buscar apoio de amigos, familiares ou um profissional de saúde mental durante esse período. Atividades como exercícios físicos, hobbies e outras formas de autocuidado também podem ser úteis. É essencial lembrar que é normal sentir uma gama de emoções durante esse tempo e que eventualmente esses sentimentos irão diminuir.

Leia mais: 9 sintomas sutis de diabetes que podem ser confundidos com excessos das festas de fim de ano

Comentários estão fechados.