Mãe de Kevin carrega dor do luto, vê herança ser dada a outra e vende feijoada para sobreviver: “Briga”

Mãe de Kevin carrega dor do luto, vê herança ser dada a outra e vende feijoada para sobreviver: “Briga”

Mãe de Kevin carrega dor do luto, vê herança ser dada a outra e vende feijoada para sobreviver: “Briga”, vejam;

O cantor MC Kevin, a cerca de mais de 2 meses, acabou falecendo após cair do quinto andar de um hotel, e ainda sim, continua a dor do luto, principalmente para seus familiares e amigos, inclusive a mãe do cantor, que com toda certeza, foi uma das que mais sofreram com a perda.

Estimula se que o cantor arrecada por mês, mais de 300 mil reais, em seus shows e divulgações, com tudo, a herança e outros bens caros de MC Kevin, acabaram ficando aos cuidados de sua família.

A mãe do cantor, Valquíria Nascimento, acabou também recentemente, montando o seu próprio negócio, sobre a venda de feijoada, e irá vender o prato típico todos os domingos, em um barzinho na Vila Sabrina, Zona Norte de São Paulo.

“Novos projetos na minha vida. Só gratidão e obrigada Deus”, anunciou ela.

“É o primeiro evento da Feijoada da Nega Val, a mãe do MC Kevin. Reserve e compre antes para não dar tumulto no dia”, disse.

HERANÇA

Logo após a m0rte do filho, Valquíria também chegou a dar entrevista, onde revelou não haver briga na justiça pela herança do cantor, já que a mesma, acabou ficando para a filha de Kevin, Soraya, de 5 anos de idade.

“Não tem briga pela herança, não tem briga com a mulher dele. Eu amo a mulher dele. Tudo o que o Kevin tem de herança são as obras dele e tudo o que é do Kevin é da filha dele, né ?”, destacou a mãe do cantor na ocasião.

Mãe de Kevin carrega dor do luto, vê herança ser dada a outra e vende feijoada para sobreviver: “Briga”

Deolane dúvida da m0rte do marido acidentalmente e crítica amigos do cantor

MC Kevin, acabou falecendo a pouco mais de dois meses, após cair do quinto andar da sacada de um hotel, e embora a polícia tenha concluído a causa da m0rte como acidental, a viúva do cantor, Deolane Bezerra, ainda acredita que há algo mais a fundo neste caso, e que vai “desenterrar” toda a verdade.

Em um podcast, em entrevista com Sério Mallandro, a advogada contou que não acredita na versão dada pelos principais indivíduos que estavam com o MC momentos antes de sua m0rte.

“A verdade é que ele foi lá dar uma afogada no ganso. Ele estava bem louco. Bebeu, constou [no laudo] que ele usou droga sintética. Ele não estava em si. O que aconteceu lá, eu não sei, não tenho noção… Só sei que tem três pessoas mentindo. É tudo contraditório. Até o que falaram nos depoimentos e na mídia. Eles se desmentem”, disse ela.

“Eu, como ser humano, (acho que foi) uma brincadeira de mau gosto. Eu como advogada, (acho que) foi homicídio com dolo eventual, quando você assume um risco. Quando você pratica algo assumindo o risco”, destacou.

“Não sei se era brincadeira, se era para tirar ele do quarto e ficar sozinho com a menina. É um absurdo o menino falar que contou para o Kevin (que eu estaria lá) e ele não ir embora. Se eu batesse lá, o Kevin ia abrir a porta e falar: ‘Está chapando? Vim só buscar uma seda’. Ele sabia como me manobrar (…). Uma hora a verdade aparece”, completou ela.

Luto! Jornalista da Globo morre aos 46 anos, após batalha contra grave doença: “Inacreditável”

Advogados de DJ Ivis tomam medida urgente e liberdade do cantor após agressão é anunciada: “Privilégio”

Copy