Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Operação Chocante: Português Preso em SP por Tráfico Internacional de Bebês… Ver mais…

Em menos de um mês, um homem registrou a paternidade de dois recém-nascidos abandonados, o que levou à sua identificação.

Na manhã desta segunda-feira (4), a Polícia Federal realizou uma prisão significativa em Valinhos (SP). Um português, suspeito de estar envolvido em um esquema de tráfico internacional de bebês, foi detido.

Além disso, a operação também cumpriu cinco outros mandados, incluindo busca pessoal e busca e apreensão. Curiosamente, a polícia cumpriu três desses mandados em Itatiba (SP).

A polícia identificou o indivíduo preso como Marcio Mendes Rocha, um homem de 49 anos, originário da cidade do Porto. Além disso, a polícia apreendeu uma quantia significativa de dinheiro em um escritório de advocacia em Itatiba.

Surpreendentemente, este escritório é responsável por apresentar os pedidos de guarda dos bebês. A quantia apreendida inclui 11 mil dólares e 6 mil euros.

A Investigação Detalhada Tráfico Internacional de Bebês

Portanto, Em 30 de novembro, um incidente preocupante ocorreu em Valinhos. A mãe abandonou seu bebê recém-nascido na Santa Casa local e a promotoria da cidade informou à Polícia Federal.

Atualmente, o bebê ainda está no hospital, sob os cuidados da equipe médica. Em um desenvolvimento surpreendente, um homem de nacionalidade portuguesa registrou o recém-nascido como seu filho.

Contudo, A situação é complexa e as autoridades estão trabalhando para garantir o bem-estar do bebê.

Os policiais descobriram que, em menos de um mês, o mesmo homem registrou outra recém-nascida como sua filha no mesmo hospital. Este desenvolvimento levanta questões adicionais sobre a situação.

Em uma reviravolta chocante, revelou-se que alguém fez os registros de paternidade usando documentos falsos. Esses registros ocorreram em juízos diferentes e vieram acompanhados de pedidos de guarda unilateral dos bebês.

Essa manobra permitiria que o homem saísse do país sem a autorização da mãe. Este é um desenvolvimento alarmante na situação e certamente intensificará a investigação em andamento.

As autoridades estão trabalhando diligentemente para resolver este caso complexo.

Portanto, a Polícia Federal revelou que o suspeito realizou quatro viagens entre Brasil e Portugal nos anos de 2015, 2021 e 2023. Notavelmente, o homem fez duas viagens no último ano, sendo a segunda a mais recente.

Portanto, as investigações indicam que, em sua última saída do Brasil, o homem levou uma recém-nascida, com menos de um mês de vida, para Portugal. Intrigantemente, quando o suspeito retornou a São Paulo, ele não estava mais com a bebê. Este é um elemento crucial que as autoridades estão considerando em sua investigação.

Todavia, em resposta às suspeitas, a alta hospitalar do bebê foi adiada. A Polícia Federal, com o apoio do Ministério Público do Estado de São Paulo, Ministério Público Federal, Justiça Federal e equipe médica da Santa Casa, iniciou uma série de diligências.

Essas ações são parte dos esforços contínuos para resolver este caso complexo e garantir o bem-estar do bebê.

A Adidância da Polícia Federal em Portugal foi acionada no exterior para auxiliar nas investigações e tentar localizar a recém-nascida que já havia sido levada para a Europa.

A Polícia Federal informou que os envolvidos poderão responder por tráfico internacional de crianças, registro falso, promoção de ato destinado ao envio de criança ou adolescente para o exterior com inobservância das formalidades legais ou com o fito de obter lucro, entre outros delitos. A pena pode ultrapassar 18 anos.

Leia mais: Naiara Azevedo Revela: Ex-marido Controlava Seu Dinheiro e Lhe Dava Apenas R$ 1 mil por Mês… Ver mais…

Comentários estão fechados.