Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Pai é preso suspeito de estupr4r filha em GO: “Depois papai manda Pix” Ver mais…

De acordo com a PM, o pai teria dito que faria um Pix para a filha depois de estuprá-la. Caso ocorreu em Caldas Novas, região sul de Goiás

Um homem de 34 anos, cujo nome não foi divulgado, foi preso na segunda-feira (1º/1), sob suspeita de estuprar sua filha de 17 anos após uma festa. O caso ocorreu em Caldas Novas, Goiás. Segundo a Polícia Militar do estado, a adolescente relatou que, durante o estupro, o pai disse que faria um Pix para ela após o abuso. Ele nega as acusações.

O homem marcou Encontro com a filha na Festa de Ano-Novo

Eles teriam combinado de se encontrar em uma festa de Ano-Novo. De acordo com os depoimentos, após a comemoração, ele convidou a jovem para dormir na casa dele.

O delegado Gustavo Ferreira relata que, segundo a adolescente, o homem insistiu para que ela fosse até a residência dele, e a jovem acabou aceitando o convite.

Relato da Vítima

A filha relatou em depoimento que, ao chegarem à casa dele, ela estava um pouco embriagada, mas ainda consciente, e que o suspeito foi tomar banho e depois foi nu ao quarto que ela estava e forçou relações com ela, detalhou o delegado.

Segundo a PMGO, durante a prisão, a garota relatou que o homem oferecia dinheiro durante o abuso: “Só um pouquinho, depois papai manda Pix”.

Na manhã seguinte, a jovem pediu para que a mãe fosse buscá-la. Foi quando chamaram a polícia para denunciar o crime.

Defesa do Suspeito

Segundo informações do delegado, o suspeito afirmou que dormiu na mesma cama que a filha, mas nega que tenha cometido o crime e acrescenta que a adolescente estava muito bêbada. Material genético foi recolhido e encaminhado para análise para confirmação do crime.

“Independentemente de ela já ter 17 anos, é em tese um estupro de vulnerável porque ela estaria bêbada no momento”, explica o delegado.

No Brasil, o crime de estupro de vulnerável se configura quando uma pessoa maior de 14 anos pratica qualquer ato libidinoso com alguém menor de 14 anos ou com alguém que, por qualquer causa, não pode oferecer resistência. No caso citado, mesmo que a vítima tenha 17 anos, o fato de ela estar embriagada pode caracterizar a incapacidade de resistir, configurando assim o crime de estupro de vulnerável.

As autoridades competentes devem analisar cada caso de forma única. A justiça deve prevalecer sempre e todos devem respeitar os direitos humanos. Se você ou alguém que você conhece está passando por uma situação semelhante, é importante denunciar às autoridades locais.

Leia mais? Padrasto é suspeito de estupr4r e espancar menin0 de 2 anos até a m0rte. “A criança apanhou tanto que o fígado dele est0ur… Ver mais…

Comentários estão fechados.