Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

A alegria deu lugar à tristeza quando, no dia da festa de seu casamento, um Jovem teve que sepultar 16 dos seus parentes. Ver mais

Uma descarga elétrica atingiu os parentes de Mamun enquanto eles fugiam de uma tempestade.

Inicialmente, o dia do casamento de Mamun estava cheio de alegria. No entanto, essa felicidade rapidamente se transformou em tristeza. No mesmo dia, Mamun encontrou-se na dolorosa situação de ter que sepultar 16 de seus parentes. Eles foram tragicamente mortos por um raio enquanto estavam a caminho da cerimônia. Este evento infeliz ocorreu no interior de Bangladesh.

A Ansiosa Viagem dos Familiares de Mamun para o seu Casamento

Vestidos com seus melhores ternos e sáris, os familiares de Mamun embarcaram em um barco, ansiosos para participar da celebração.

Entretanto, durante a viagem, foram pegos de surpresa por uma tempestade violenta que atingiu a embarcação, fazendo com que ela virasse.

Em seguida, os parentes de Mamun, buscando proteção, encontraram abrigo em uma cobertura metálica às margens do rio. Infelizmente, foi justamente ali que foram atingidos por um raio.

Foi apenas recentemente que Mamun decidiu abrir o jogo sobre os acontecimentos daquele fatídico dia de agosto de 2021.

Na época, o jovem de 21 anos estava se preparando para o casamento na casa dos sogros, localizada na região de Shibganj, no noroeste do país. De repente, ele relata ter ouvido o estrondo ensurdecedor de um trovão.

Poucos minutos após esse evento, ele foi surpreendido com a notícia da tragédia.

Ao se deparar com o local do incidente, Mamum descreve ter encontrado um cenário dominado pelo caos e confusão.

“Algumas pessoas estavam abraçando os corpos”, relembra ele. “Os feridos choravam de dor… crianças gritavam. Não sabia o que fazer. Não conseguia nem mesmo decidir quem eu deveria ajudar primeiro.”

Mamun sofreu a perda devastadora de seu pai, avós, primos, tios e tias no dia de seu casamento. Sua mãe, por sorte, não estava no barco e conseguiu sobreviver.

“Quando me deparei com o corpo inerte do meu pai, não consegui conter as lágrimas”, ele compartilha. “Fui tomado por um choque tão grande que me senti mal.”

Na mesma noite do incidente, aconteceu o funeral dos parentes de Mamun.

O banquete que havia sido preparado para a celebração do casamento acabou sendo doado para pessoas em situação de rua.

Posteriormente, Mamun se casou. No entanto, ele revela que não celebra o aniversário de casamento, pois a data traz à tona lembranças dolorosas.

“Após aquele incidente trágico, desenvolvi um medo real de chuva e trovões”, ele confessa.

Bangladesh sofre com condições climáticas extremas e fortes tempestades.

Bangladesh é um país que enfrenta condições climáticas extremas e tempestades intensas. Surpreendentemente, o número de pessoas que morrem anualmente atingidas por raios supera o das vítimas de enchentes. Com uma população de cerca de 170 milhões de habitantes, o país registra, em média, 300 mortes por raios todos os anos, de acordo com dados das Nações Unidas.

Para efeito de comparação, os Estados Unidos, que possuem quase o dobro da população (pouco mais de 330 milhões), registram menos de 20 mortes por ano devido a raios.

De acordo com o último censo, o Brasil possui uma população de 203 milhões de habitantes. Além disso, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registra uma média de 110 óbitos por ano.

Por outro lado, em Bangladesh, o número de mortes causadas por raios tem aumentado significativamente. Durante a década de 1990, o número de mortes era apenas algumas dezenas por ano.

No entanto, a Nasa (agência espacial americana), a ONU e o governo de Bangladesh atribuem o aumento no número de incidentes mortais ao aumento das tempestades, que é um efeito das mudanças climáticas.

A gravidade da situação levou o governo a incluir os raios na lista oficial de desastres naturais que o país enfrenta, juntamente com enchentes, ciclones, terremotos e secas.

Ademais, é importante destacar que a maioria das vítimas de raios são agricultores.

Os trabalhadores do campo ficam particularmente vulneráveis durante os meses chuvosos da estação das monções, que ocorre na primavera e no verão.

Leia mais: Chocante: Jovem M4ta Colega de Trabalho por Ciúmes do Namorado. Ver mais

Comentários estão fechados.