Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

SURPREENDENTE: Conselheiro do Papa Francisco é Condenado à Prisão por Crimes Financeiros… Ver mais…

O foco do julgamento foi um negócio imobiliário em Londres.

Em uma decisão surpreendente, um tribunal do Vaticano condenou o cardeal italiano Angelo Becciu, que era um antigo conselheiro do Papa Francisco. A sentença foi de cinco anos e meio de prisão.

O motivo da condenação foram crimes financeiros cometidos pelo Conselheiro.

Becciu, com seus 75 anos, detém o título de ser o funcionário mais graduado do Vaticano a enfrentar acusações dessa natureza. Além disso, ele já foi considerado um potencial candidato ao papado.

O foco do julgamento foi um negócio imobiliário em Londres. Infelizmente, essa transação resultou em enormes perdas financeiras para a Igreja Católica. Essa situação ressalta a complexidade e os riscos inerentes a tais negócios.

Contudo, apesar de ele ter negado veementemente as acusações, incluindo peculato e abuso de poder, o julgamento prosseguiu. Juntamente com ele, outros nove réus estavam sendo julgados.

Curiosamente, todos foram condenados em algumas acusações e considerados inocentes em outras.

Ademais, o julgamento, que durava dois anos e meio, expôs lutas internas e intrigas nos mais altos escalões do Vaticano. Por fim, este caso serviu como um lembrete da complexidade e dos desafios enfrentados pela justiça.

Após um longo debate de mais de cinco horas, os três juízes chegaram a um veredicto. Finalmente, o Presidente do Tribunal, Giuseppe Pignatone, anunciou que o Cardeal Becciu tinha sido condenado por peculato.

Além disso, acusaram outros réus, que incluem financiadores, advogados e ex-funcionários do Vaticano, de vários crimes como fraude, lavagem de dinheiro e abuso de poder. No entanto, todos negaram qualquer irregularidade.

Em resposta à decisão, o advogado de Becciu, Fabio Viglione, reafirmou a inocência do Cardeal Angelo Becciu e anunciou que recorreriam da decisão. Ele declarou: “Respeitamos a decisão, mas definitivamente apelaremos”.

Inegavelmente, este caso, sendo o primeiro de um cardeal a ser julgado num tribunal do Vaticano, foi motivo de grande intriga e fraude.

Envolveu alegações de impropriedade financeira na cúpula do Vaticano, atividades clandestinas que muitas vezes caracterizaram o mundo secreto da Santa Sé.

Surpreendentemente, o caso não estava localizado no Vaticano, nem mesmo em Roma, mas a mil quilômetros de distância, em Londres.

Especificamente, na avenida Sloane, número 60, na abastada Chelsea, um antigo armazém pertencente à loja de departamentos Harrod’s. Este fato adiciona uma camada extra de complexidade e mistério ao caso.

Em 2014, o Vaticano adquiriu uma participação de 45% no edifício por mais de 200 milhões de euros (R$ 1,07 bilhão), com planos de converter o edifício em apartamentos de luxo.

Em 2018, a Secretaria de Estado do Vaticano investiu mais 150 milhões de euros (R$ 808 milhões) para comprar a propriedade imediatamente.

O Conselheiro, que na época servia como Substituto do Vaticano para Assuntos Gerais – efetivamente o chefe de gabinete do Papa, assinou todo o acordo.

Parte do dinheiro, que se destinava a obras de caridade, foi para um fundo que o financista italiano Raffaele Mincione, com sede em Londres, geria e planejou a compra.

Posteriormente, quando o Secretariado buscou ajuda financeira do próprio banco do Vaticano, isso gerou preocupação e uma intervenção da polícia do Vaticano, resultando em acusações contra O conselheiro, Mincione e outros oito.

No entanto, as investigações sobre Becciu não se limitaram ao negócio imobiliário em Londres.

Acusaram o cardeal de desviar grandes somas de dinheiro para a sua diocese natal, em Sardenha, algumas das quais supostamente beneficiaram a sua família. Ele também enfrenta uma acusação de pagar quase 600 mil euros (R$ 3,2 milhões) a Cecilia Marogna, outra acusada, para ajudar a libertar uma freira raptada em Mali.

O Papa Francisco estabeleceu o objetivo de limpar as finanças do Vaticano, que escândalos atormentaram por muito tempo e preocuparam o papado de seu antecessor, Bento 16. Esse caso inteiro se tornou um teste para esse objetivo.

O legado de Francisco como reformador pode sofrer implicações significativas com o resultado desse caso.

Leia mais: LUTO: Ícone da Música Brasileira MORRE aos 90 anos. Uma lenda da Bossa Nova partiu deixando muita SAUDADE… Ver mais…

Comentários estão fechados.