Homem agride companheira e diz que seria “pior do que o Lázaro”

Homem agride companheira e diz que seria “pior do que o Lázaro”

Homem agride companheira e diz que seria “pior do que o Lázaro”, vejam;

Em Cariacica, município do Espírito Santo, um eletricista de 30 anos de idade acabou sendo preso após agredir sua companheira, de 40 anos de idade, segundo ela, o suspeito teria quebrado um prato para agredila e que também pisou nela, o suspeito foi levado até a delegacia.

A vítima que trabalha como técnica de enfermagem, acabou passando por cerca de duas horas de agressões, e ficou com diversas marcas em seu pescoço, braços e pernas, segundo a própria vítima, ela achou que não iria sobreviver.

“Se não fosse a chegada da polícia, eu estaria morta. Ele bateu, deu socos, chutes, puxão de cabelo, tapa na cara. Ele dava um tempo, parava e pedia perdão. Aí, depois, começava de novo. Eu fiquei mais ou menos duas horas lutando com ele até perder as forças e alguém chamar a polícia”, conta ela.

O próprio pai da vitima acionou a policia até o local, aposto escutar gritos na residência, com a chegada da polícia, a vítima foi encontrada desacordada em cima de sua cama, com várias marcas de agressões.

Homem agride companheira e diz que seria “pior do que o Lázaro”

A confusão não parou só por aí, já que com a chegada da polícia o mesmo acabou tendo um comportamento agressivo, fazendo com que os policiais utilizassem a força física.

“Mesmo algemado, ele queria me bater na frente dos policiais. Quebrou armário, alguns objetos e quebrou a viatura. Quando os policiais chegaram, ele estava apertando meu pescoço e eu perdi um pouco da consciência. Já estava desfalecendo.”

A vítima contou que durante o relacionamento de 8 meses com o suspeito, ela já teria sofrido outras diversas agressões, e contou para que as mulheres que passam pela mesma situação não se calem.

“Eu sofri outras agressões. Ele chegava do trabalho, era uma pessoa aparentemente normal, mas do nada mudava. Eu não chamei a polícia, até porque não tinha condições, mas vocês, mulheres que estão sofrendo dentro de casa, não fiquem dentro de casa. Pensem nas consequências. Eu tive sorte, mas poderia não estar aqui”, suplica.

TRISTEZA: Caminhoneiro morto em explosão de posto de gasolina no Rio ligou para amigo minutos antes e pediu ajuda: ‘perdi uma perna’

Mãe vai processar Bolsonaro por causa que o filho de 13 anos foi internado com Covid-19

Copy