Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Homem é preso suspeito de abusar sexualmente da prima de 11 anos. “A vítima engravi… Ver mais…

De acordo com a polícia, a criança estaria grávida e assim que soube da gravidez, o homem teria agredido a prima.

Na terça-feira (26), um homem de 28 anos foi detido em Manaus, acusado de estuprar e engravidar sua prima de 11 anos. Segundo Joyce Coelho, a delegada responsável pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e Adolescente (Depca), a investigação começou após uma denúncia anônima recebida no dia 14 de dezembro deste ano.

Portanto, a denúncia alegava que a menina estava sendo constantemente abusada pelo primo.

O Homem acusado de violentar e engravidar prima de 11 anos de idade

Todavia, a denúncia revelou que a menina, que mora com a avó paterna desde os 2 anos, começou a passar mal na escola. Quando foi atendida, ela revelou os abusos que vinha sofrendo em casa. Portanto, segundo a denúncia, os abusos começaram com toques libidinosos quando ela tinha apenas 6 anos, em momentos em que o primo ficava sozinho com ela.

De acordo com Joyce Coelho, a situação se agravou quando a menina completou 10 anos. O último abuso resultou na gravidez da criança. Ao contar ao autor sobre a gestação, ele reagiu com violência, agredindo-a com um soco na barriga. Isso causou um sangramento nela e, possivelmente, um aborto.

Durante as investigações, descobriu-se que a vítima tentou revelar os abusos para os familiares, mas infelizmente, não recebeu o apoio necessário. A delegada Joyce Coelho solicitou os prontuários de atendimento do serviço de vítimas de violência para incluí-los no Inquérito Policial e para avaliar a saúde da criança.

Além disso, a delegada solicitou ao Conselho Tutelar que acompanhe a vítima e avalie se ela pode continuar morando com a avó. Se isso não for possível, a delegada contatará a mãe da vítima, que reside em outro município, para assumir a guarda legal da filha.

Contudo, a polícia informou que processará o autor por estupro de vulnerável, conduzirá uma audiência de custódia e o manterá à disposição da Justiça.

A maioria dos abusos ocorre dentro de casa ou por pessoas que fazem parte do núcleo familiar da vítima

Todavia, o abuso sexual infantil é um problema grave e, infelizmente, muito comum. Segundo dados compilados pelo Ministério da Saúde, o Brasil registrou 202,9 mil casos de violência sexual contra crianças e adolescentes de 2015 a 2021.

A maioria dos abusos ocorre dentro de casa ou por pessoas que fazem parte do núcleo familiar da vítima. Isso torna a situação ainda mais delicada, pois muitas vezes a vítima não recebe o apoio necessário quando tenta revelar os abusos.

O mês de maio é conhecido como Maio Laranja, um período dedicado ao enfrentamento e prevenção do abuso e da exploração sexual de crianças e adolescentes. Especificamente, o dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

É importante que todos estejam atentos aos sinais de abuso e saibam como agir para proteger as crianças e adolescentes. Fazer uma denúncia interrompe o ciclo de violência e garante que a justiça responsabilize os culpados.

Leia mais: Desnutrido e machucado: menino de 2 anos é espancado até a morte. “A criança tinha dentes quebrados, corte na gen… Ver mais…

Comentários estão fechados.